Dicas

Sua empresa precisa ter um canal de vídeos online.

Será mesmo que você não tem nadinha para mostrar para seus clientes e potenciais clientes em um canal de vídeos? Esta ferramenta de marketing digital está em amplo crescimento e a produção de conteúdo original é um dos diferenciais de marketing para pequenas, médias e grandes empresas.

Vamos fazer um teste rápido?
Você tem um produto ou serviço útil para o público?
Você gostaria de captar mais leads para sua empresa?
Você deseja produzir conteúdo para seus clientes?

Se todas as respostas para as perguntas acima foram positivas nós temos uma notícia para você: sua empresa pode, e deve, ter um canal de vídeos online.

Atraia leads qualificados! Teste a Eventials gratuitamente! – Clique aqui

Utilizando a plataforma da Eventials para mostrar seu serviço ou produto para o público você conquistará um valioso patrimônio, leads qualificados, ou seja, contatos que possuem afinidade com a sua marca. Imagine as possibilidades!

– Crie tutoriais demonstrando as funcionalidades de seu produto;
– Faça um manual do usuário, montando e utilizando seu produto;
– Responda em vídeo as dúvidas e comentários enviados por seus clientes;
– Dê dicas úteis sobre a utilização de seu produto ou serviço;
– Use os vídeos para responder perguntas frequentes;
– Crie um espaço para compartilhar o conhecimento de especialistas sobre o seu produto ou serviço. 

Investir no marketing digital é uma forma inteligente e barata de atrair mais clientes para sua marca. Uma pesquisa do IAB Brasil em parceria com a comScore revelou que a internet é a mídia mais consumida em nosso país. Os consumidores pesquisados mostraram ainda que a publicidade online impacta diretamente seu comportamento de compra, 7 em cada 10 procuraram saber mais sobre um produto após vê-lo online.

6 dicas inspiradoras de Mary Kay Ash para treinamentos online

Provavelmente você já leu, viu ou ouviu algo sobre Mary Kay Ash ou sobre a marca que leva seu nome. Seu estilo de liderança é famoso, assim como a linha de produtos que é vendida em mais de 35 países. Mary Kay é uma das empreendedoras mais conhecidas do mundo e tem lições valiosas para líderes, para aqueles que sonham em abrir o próprio negócio e até para quem pensa em criar webinars, cursos e treinamentos online.
De vendedora a empresária de sucesso:

Quando seu marido foi para a segunda guerra mundial, Mary vendia livros de porta em porta. Ao voltar, os dois se divorciaram e ela decidiu empreender por conta própria. Abriu sua empresa com apenas US$ 5 mil dólares e, por inovar, virou referência no mundo corporativo. Como ela conseguiu chegar ao topo? O segredo foi se basear na Regra de Ouro: Trate os outros como gostaria de ser tratado.

No livro The Mary Kay Way: O estilo de liderança de uma das maiores empreendedoras norte-americanas, escrito pela própria, conferimos lições importantes para qualquer profissional. Por isso selecionamos 6 dicas inspiradoras que também podem ser aplicadas em seu treinamento online:

1 – Você constrói junto com as pessoas

Quando nos colocamos no lugar do outro, conseguimos identificar suas necessidades e o que é importante oferecermos. Com isso sua marca cresce, seu conteúdo/produto melhora e você tem a oportunidade de acertar ainda mais. Ao preparar uma palestra, treinamento online ou webinar, pense em seu público; no que você gostaria de aprender, de experimentar se estivesse assistindo.

2 – Faça-me sentir importante

Outra forma de construir sua apresentação é colocando-se no lugar do internauta e pensar em como seria possível interagir com o apresentador, acrescentar seu ponto de vista e contribuir com as informações que o palestrante está compartilhando. Se você perceber que há espaço para essa colaboração, instigue os participantes! Ouça-os, mostre que você quer saber a opinião deles e que eles têm voz. Afinal, seu público é importante e ele deve saber disso.

Agende seu primeiro treinamento. Experimente a Eventials gratuitamente! – Clique Aqui

3 – Ajude outras pessoas a conseguirem o que querem e você conseguirá o que quer

Mary Kay acredita que ao compartilharmos o que sabemos com os demais e, com isso, os ajudando a crescer e a conquistarem o que desejam, nós também crescemos. Suas palestras podem ajudar muitas pessoas. Se as dicas que você deu forem colocadas em prática e se o participante tiver sucesso, ele ganha por conseguir o que queria e você por ver o crescimento dele e saber que contribuiu para isso.

4 – O entusiasmo move montanhas

Outra dica de Mary Kay é fazermos tudo com entusiasmo. Para ela quando nos empolgamos e fazemos o nosso melhor tudo pode acontecer. Por isso, ao oferecer um treinamento online ou algum curso pela web, ensine, passe suas dicas, seus ensinamentos com muito entusiasmo, com alegria, com empolgação. As pessoas percebem isso e tendem a ficarem motivadas também.

5 – Arrisque-se

Por que não começar seu webinar cantando/tocando uma música ou declamando uma poesia? São formas diferentes de apresentar um conteúdo e engajar o público. Não tenha medo de exercitar sua criatividade na web. Arrisque-se!

6 – Não descanse sobre os louros do seu trabalho

Seu treinamento foi um sucesso? Os participantes indicaram seus cursos e conteúdos para os amigos, colegas, familiares? Que ótimo, parabéns para você! Só não se acomode. Procure sempre estudar, estar atualizado e pensar em como informar seu público de uma forma pertinente e criativa. E, depois de terminar sua transmissão, não deixe de pensar no que poderia ter feito melhor.
Legais as dicas, não é mesmo? Na Eventials você também confere treinamentos online e gratuitos sobre consultoria e produtos Mary Kay. Essa é a chance de você assistir e aprender mais sobre beleza e cuidados com a pele ou até mesmo para criar um webinar e compartilhar seu conhecimento com muitas pessoas. 😉

Guia de Treinamento Corporativo Online

8 dicas de como fechar seu webinar com criatividade e fisgar o público

Quando preparamos um webinar nos preocupamos com diversos pontos: tema, duração da palestra, equipamentos a serem usados e o cenário do vídeo. Pensamos até na roupa que iremos vestir, mas esquecemos de algo muito importante para uma apresentação online: o fechamento.

A conclusão é tão importante quanto a introdução em uma videoconferência. Dizer “Então é isso, pessoal. Obrigado e até a próxima!” pode até ser o jeito mais fácil de se despedir do público, mas não é a forma mais adequada. Por quê?

Porque no fechamento você deixa sua última impressão aos participantes e é preciso manter a reputação. Se você impressionou no início e desenvolveu bem o assunto, deve continuar no ritmo e concluir o tema com criatividade, estabelecendo um vínculo futuro com quem o assistiu. Ali estarão suas últimas palavras, as principais dicas; um “refresh” do conteúdo, informações que tendem a fixar melhor na mente das pessoas.

É importante caprichar. Surpreender. Não basta esperar o diretor dizer “AÇÃO!”, começarmos o show e improvisarmos o grand finale.
Por isso preparamos 8 dicas de como fechar seu webinar e fisgar seu público. Confira:

1 – Sem perguntas ao final do vídeo:

Nem pense em deixar o final da palestra online para responder dúvidas. Ao responder seu público ao longo da apresentação você terá mais facilidade para elaborar uma resposta convincente, que supra o questionamento do participante. Aproveite o envolvimento das pessoas! Isso desperta ainda mais o interesse delas e mostra que você está aberto a conversar e trocar conhecimento.

2 – Bom humor:

Se o assunto abordado for mais sério, se possui muitos dados e números, nada melhor do que descontrair os participantes. No final do vídeo, brinque! Faça uma piada que envolva o assunto; uma imagem engraçada, até mesmo uma frase. Com isso você ganha a atenção, diverte e pode ser lembrado como um palestrante que tem conteúdo e que também sabe rir. Também preparamos um post sobre esse assunto.

3 – Citações:

E, por falar em frases, o que você acha de fechar a apresentação com uma citação de impacto? Daquelas que ficam ecoando por horas depois do webinar ter acabado? Escolha autores que tenham a ver com o assunto abordado; frases que despertem a curiosidade e que estimulem o raciocínio. Com certeza você será lembrado. 😉

4 – Contar uma história:

Quem não gosta de ouvir uma boa história? Contar um “causo” é uma forma de se aproximar do público, ganhar sua atenção, informar, entreter e fixar o conteúdo. Crie empatia! A história não precisa ser longa, mas ela deve sintetizar e exemplificar o que você falou ao longo da palestra. Pode ser algo real, que aconteceu com você, ou algum case de mercado. Você escolhe! Nossa série de postagens sobre como usar o storytelling para criar webinars irá lhe ajudar!

5 – Call-to-action:

O que você deseja que as pessoas façam depois de assistir à palestra? Que elas acessem seu site e comprem um produto; que elas comprem seus livros para estudar mais o assunto; que elas participem de um evento? Qual é o seu objetivo com ela? Em cima disso prepare o final com um comando que leve o participante a realizar a ação desejada.

6 – Relembrar o conteúdo do webcast:

Outra forma de concluir é fazendo um apanhado dos tópicos apresentados no vídeo. Faça de uma forma simples, reforçando os principais conceitos abordados.

7 – O que mais você tem a oferecer?

E se depois de assistir ao webinar, o usuário também tivesse acesso a um material exclusivo? E-books, descontos, brindes, entre outros? Assim você conseguiria captar leads e estabeleceria um vínculo externo com quem se interessa pelo assunto.

8 – Surpresa!

Dentro do assunto abordado, pense em uma forma de surpreender o público. Você dança? Canta? Toca algum instrumento musical? Faz mágica? Aqui é preciso soltar a criatividade e pensar fora da caixa. É uma forma de ser lembrado e referenciado.

Coloque essas ideias em prática e crie seus webinars na Eventials!
Em nossa plataforma você não sofre com limite de participantes e organiza suas apresentações com facilidade.

Como usar o humor para engajar o público em webinars e redes sociais

Já percebeu que o humor contagia as pessoas? O sorriso é uma linguagem universal e, desde os primórdios, serve para comunicar. Não importa o idioma, a idade, a situação; o riso consegue transmitir informações. Ele “fala” se estamos abertos a interagir, se estamos satisfeitos ou se concordamos com algo. 

 Se antes “o cômico” já unia as pessoas, imagine agora, com as facilidades tecnológicas e o mundo cada vez mais conectado. Os inúmeros compartilhamentos de memes e virais na web são a prova disso e, se você cria conteúdo para webinars, blogs e redes sociais, pode usar esse recurso para elaborar postagens pertinentes, que informam e ao mesmo tempo divertem. 

Segundo um artigo publicado no portal Mashable, sentimentos positivos são capazes de criar memórias. É muito mais fácil lembrar de uma postagem bem-humorada do que de uma séria, sem atrativos. 

E por falar em conteúdo criativo, engraçado, capaz de engajar os usuários, Murilo Gun sabe na prática que o humor pode (e deve) ser um aliado da informação. Tanto que passou a palestrar sobre o assunto e ficou conhecido no país todo. 

Se você quer ficar por dentro dessas técnicas e descobrir como usá-las nas postagens de sua empresa, a Eventials conta com dois webinars sobre:

Murilo Gun compartilha estratégias para a criação de um conteúdo que viralize na internet. Ele toma como base a seguinte pergunta: “O que as pessoas compartilham?” e fala sobre postagens criativas, nostálgicas e, claro, engraçadas. 

 

3 usos práticos do humor (para quem não trabalha com humor) 

Como passar uma informação de forma divertida? No webinar, o comediante mostra três usos práticos do humor para que qualquer empresa, pessoa ou até mesmo instituições governamentais, possam se beneficiar.

 

 

 

 

Agora, não deixe de colocar as dicas em prática! Crie seus webinars e informe com bom humor. 😉

 

 

HSM Expomanagement 2015: as principais tendências sobre gestão

 
E, se durante três dias você pudesse descobrir quais são as tendências e conceitos mundiais em gestão e conferir palestras com nomes importantes da área? Seria muito bom para sua vida profissional, não é mesmo?

Essa é a proposta da HSM Expomanagement 2015, que ocorre entre os dias 9, 10 e 11 de novembro, na Transamérica Expo Center, em São Paulo. Se você ficou interessado, mas não poderá comparecer ao congresso, a Eventials transmitirá online 12 palestras apresentadas.
 
Confira algumas delas:

Davi x Golias: a arte de enfrentar gigantes Malcolm Gladwell é autor dos best-sellers O Ponto da Virada, Blink, Outliers e Davi e Golias. Seus livros já venderam mais de 20 milhões de exemplares e ele foi eleito uma das 100 pessoas mais influentes do mundo, pela Time Magazine.

O escritor é conhecido por suas teorias e conceitos sobre o comportamento humano que tem revolucionado o cotidiano empresarial. As teorias de Malcolm, segundo o New York Times, podem ser usadas com eficácia para transformar produtos em grandes best-sellers e até mesmo modificar o comportamento humano.
A palestra dele ocorre no dia 9 de novembro, às 9h. Inscreva-se e assista pela Eventials!

The Lean Startup: como os melhores empreendedores usam a inovação contínua para criar negócios radicalmente bem-sucedidos Eric Ries é autor do livro Startup Enxuta, best-seller do New York Times, e pioneiro do movimento Lean Startup – uma nova abordagem de negócios que está mudando a construção de empresas e o lançamento de novos produtos.

O movimento é inspirado por lições de produção enxuta, tendo como base a “aprendizagem validada”, experimentação científica acelerada e em práticas contra intuitivas que encurtam o ciclo de desenvolvimento de produtos, medindo o progresso efetivo e esclarecendo o que de fato os clientes querem.
Sua palestra ocorre no dia 11 de novembro, às 18h. Inscreva-se e assista pela Eventials!


Crescimento e lucratividade através da inovação disruptiva O Consagrado professor da Harvard Business School e especialista mundial em estratégias de inovação e crescimento, Clayton Christensen, foi eleito duas vezes seguidas o mais influente pensador vivo de gestão do mundo pela Thinkers 50.

Com seu livro O Dilema do Inovador, revolucionou o pensamento sobre gestão e explora um paradoxo um tanto radical: grandes corporações fracassam porque tomam decisões corretas em situações erradas.
Sua palestra ocorre no dia 10 de novembro, às 9h. Inscreva-se e assista pela Eventials. Whole Foods: sustentabilidade e resultados na prática Walter Robb é coCEO da empresa Fortune 500, líder mundial em comida saudável e criadora do movimento global Capitalismo Consciente. A paixão do empresário por produtos orgânicos nasceu há mais de 40 anos, devido a experiência como varejista e agricultor. Sua expertise e sagacidade para negócios foram reconhecidas na Whole Foods Market e, dois anos mais tarde, foi promovido a presidente da região Noroeste Pacífico, nos Estados Unidos. Depois, passou a vice-presidente executivo de operações, até chegar a coCEO da empresa. Sua palestra ocorre dia 10 de novembro, às 9h. Inscreva-se e assista pela Eventials!
 
Cirque du Soleil: liderança criativa na reinvenção do seu negócio Daniel Lamarre é presidente e CEO do Cirque du Soleil. Ele é responsável por promover o equilíbrio entre a estratégia global da empresa (em cinco continentes), seu crescimento e estabilidade financeira e a integridade de sua cultura e valores.

Entre suas maiores realizações estão a criação de um espetáculo baseado em uma canção dos Beatles – Love  – e a celebração da vida e obra de Michael Jackson – One. Lamarre lidera mais de 4 mil colaboradores, mais de 50 nacionalidades e 25 idiomas diferentes.
Sua palestra ocorre no dia 10 de novembro, às 12h. Inscreva-se e assista pela Eventials!

 

Ficou interessado e quer saber mais sobre o evento? Descubra os valores e quais são os outros palestrantes clicando aqui.

 
 

Faça reuniões mais produtivas em 5 passos

Como é a sua rotina de trabalho?

Se você não tem muito tempo para realizar suas tarefas diárias sabe o quanto algumas reuniões podem prejudicar seu desempenho diário. O grupo pode até começar focado, debatendo o tema proposto, mas uma hora ou outra acaba dispersando e, a reunião que duraria apenas 30 minutos, se estende para mais 30, 40, 50…

Para que esse tipo de situação não aconteça é importante estar atento a algumas regrinhas na hora de reunir sua equipe ou de encontrar clientes. Steve Jobs sabia muito bem disso e as colocava em prática dentro da Apple, deixando o encontro mais focado e produtivo. Ficou curioso? Então veja quais são elas:

Poucas pessoas, mais resultado:

Jobs preferia fazer reuniões com um grupo pequeno de pessoas porque assim seria mais fácil focar no assunto e se sentir motivado. Além disso, ao selecionar apenas as pessoas que realmente importam para aquela reunião e que entendem do assunto, as chances do trabalho ter mais qualidade aumentam. Questionar é importante:

Se você já leu um pouco sobre a história e a personalidade de Steve Jobs, deve imaginar como ele era em reuniões. O big boss buscava a perfeição e se procupava com os mínimos detalhes, chegando a interromper reuniões para tirar dúvidas sobre menus, botões ou processos. Ele questionava muito e, dessa forma, podia solucionar futuros problemas ou questões técnicas mais complexas.

Prefira reuniões presenciais:

Tudo bem, sabemos que nem sempre é possível fazer reuniões presenciais, já que os clientes podem ser de outros lugares. Mas sempre que puder, converse olho no olho com os participantes. Para Jobs a criatividade vem dos encontros espontâneos e discussões aleatórias, sem agenda fixa. E isso o ajudava a ter ideias novas e ousadas.

Cada um com sua responsabilidade:

O gênio da tecnologia costumava eleger responsáveis para cada função e ele só colocava os projetos em prática quando sabia quem era responsável pelo quê. Dessa forma, colocar as ideias em prática é mais rápido e a equipe não fica preocupada pensando em várias metas.

Sem slides:

A Apple pode até ser conhecida por suas boas apresentações, mas no dia a dia eles fazem questão de não usar slides em reuniões. Steve chegou a afirmar que odiava como as pessoas usam as apresentações de slides ao invés de pensar. Para ele, em um encontro é importante que elas confrontem problemas e exponham seus questionamentos ao invés de recorrer ao projetor. “Pessoas que sabem do que estão falando não precisam de Power Point.” – palavras do mestre.

Preparado para colocar essas técnicas em prática, trabalhar melhor e ter uma reunião mais produtiva? É só seguir as dicas de Steve Jobs. Provas de que elas funcionam você tem, e muitas! 😉

https://www.eventials.com/webinars-e-treinamentos-online/?utm_source=banners-blog-treinamentos&utm_medium=banner&utm_campaign=eventials-blog-banner-treinamentos

Como impressionar alguém que você acabou de conhecer?

Sim, a primeira impressão é a que fica e estamos cansados de saber disso. Mas convenhamos, todo mundo fica nervoso e não sabe o que fazer quando conhece alguém pela primeira vez. E isso acontece quando enfrentamos uma entrevista de emprego, ao conhecermos novos clientes e, obviamente, quando encontramos alguém especial, que pode ser A PESSOA, em uma fila de banco, às 3h da tarde. Emudecemos. Suamos frio.

Droga! O que fazer? O que vou falar?

E se eu dissesse que existem alguns truques para impressionar alguém logo de cara? A Revista Galileu coletou algumas dicas para você se dar bem ao conhecer pessoas. Confira algumas delas:

Saia da defensiva!

Quando conhecemos alguém pela primeira vez nosso instinto acaba falando mais alto e ficamos na defensiva ou tomamos uma atitude. Nesses primeiros minutos fazemos algumas avaliações insconscientes da outra pessoa e elas variam conforme nos sentimos com a presença dela, se estamos seguros ou não. É importante estar consciente dos sinais que você está passando nesse primeiro momento. Não seja assustador ou assustado.

De olho na linguagem corporal:

O corpo também fala e é importante que você perceba os sinais que o outro está passando e respeite os limites dele. Se a pessoa se inclinar, incline-se também; mas lembre-se de que o espaço corporal varia de acordo com cada um.

Transmita positividade:

Já que você sabe que a primeira impressão é a que vai valer, transmita coisas boas para quem você conheceu. Sorria, mantenha contato visual e, ao contar algum fato sobre você, mostre bons sentimentos. Está nervoso? Projete calma! Assim você relaxa, seu coração desacelera e a outra pessoa percebe, confiando mais em você.

Seja curioso!

Mas tenha bom senso. Estabeleça uma conversa com a pessoa e faça perguntas, continuando a conversa. Nós, seres humanos gostamos de nos sentir importantes e em uma entrevista de emprego ou ao conhecer clientes, por exemplo, é muito melhor ter uma boa conversa.

Cartão de visitas:

O que você tem a oferecer para a pessoa que conheceu? Qual é o seu cartão de visitas? É importante já ter um “texto ensaiado” sobre tópicos importantes de sua vida. Locais em que já trabalhou, coisas que já fez, seus sonhos, viagens… E, claro, sobre o que você faz atualmente. Para ajudar nessa construção, você pode pensar da seguinte forma: o que faz de mim uma pessoa legal? Por que eu gostaria de me contratar/conhecer/ser meu amigo?

Faça valer a pena!

Cada contato seu é único e pode lhe acrescentar como pessoa. Trate quem você conheceu agora como uma pessoa que você conhece há muito tempo. Mesmo que o encontro não vire um namoro, a parceria não seja fechada ou você não seja contratado, não há como prever o futuro. Vai que você encontra essa pessoa e ela lhe ajude de alguma forma futuramente? Cuide de suas conexões sempre! =)

5 livros essenciais para quem faz apresentações

Se você trabalha como palestrante e faz apresentações tanto online quanto offline, sabe como é importante se destacar e oferecer ao público um conteúdo qualificado, que prenda a atenção do início ao fim. Ler, buscar informações sobre a arte da persuasão e da oratória é importante para fazer um “show” memorável e é por isso que separamos 5 livros para que você aprenda ainda mais sobre o assunto. Confira:

1 – O Segredo das Apresentações Poderosas

O livro escrito por Roberto Shinyashiki, que atua há mais de 30 anos como palestrante profissional, revela os segredos de uma boa apresentação. Ele ressalta a importância de saber se comunicar de uma forma convincente e cita exemplos que vão desde Demóstenes na Grécia Antiga, a Wiston Churchill e Steve Jobs apresentando os produtos da Apple. Se você quer aprender a fazer uma apresentação que impacte seu público, não pode deixar de ler esse livro.

2 – A Arte de Falar em Público

Apesar de ser uma leitura densa, o livro é didático e indicado para quem atua na área de Direito. Nele, José Carlos Leal aborda alguns exemplos de debates e defesas e ensina técnicas para que os leitores sejam bons oradores e tenham sucesso em suas palestras.

3 – Faça como Steve Jobs

O que você acha de fazer apresentações memoráveis como as de Steve Jobs na Apple? A análise feita por Carmine Gallo no livro aborda as técnicas utilizadas pelo gênio da tecnologia ao apresentar os novos produtos da marca. O melhor é que elas são simples e acessíveis para todos que desejam se comunicar com eficiência e prender a atenção do público durante uma palestra, por exemplo. Confira o artigo que publicamos sobre o Faça como Steve Jobs.

4 – Boas apresentações vendem ideias

Escrito por Carlos Alberto Debastiani, o livro é acessível para qualquer profissional que deseja aprimorar suas apresentações e transmitir mensagens com clareza para o público. O autor orienta os leitores sobre todos os processos que envolvem uma apresentação, desde a concepção ao relacionamento com o público depois do evento.

5 – A arte de argumentar

Um guia para professores, psicólogos, executivos e vendedores. O livro de Antônio Suárez é funcional e didático e é indicado para quem deseja melhorar o  trabalho em equipe e os relacionamentos com muita criatividade e, claro, comunicação eficaz. Gostou das dicas? Depois de ler os livros não esqueça de compartilhar sua experiência com a gente! 😉

Dicas de como melhorar seu marketing pessoal

Posso lhe contar uma história? Prometo que não vou demorar.

É sobre o Marcelo, um amigão meu que quer porque quer ser promovido, mas não consegue. O pior é que acompanho a trajetória dele há um bom tempo, fomos colegas no ensino médio, estava na turma dele na graduação e o cara é fera mesmo! Ele ganhou um prêmio por um projeto de inovação na universidade e fez uma redação que o levou para Londres! Ele fala quatro idiomas, sabe se comunicar, é proativo, veste a camisa da empresa, é o primeiro a estar no escritório e o último a sair. Os clientes adoram ele e, os chefes, também. Só que…

Bem, aposto que até você gostou do Marcelo e percebeu que ele é um profissional competente e merece um aumento. Mas o Celo tem um problema que o impede de conquistar o que ele quer. O cara simplesmente não sabe se autopromover. Sim, isso mesmo. Os chefes dele nem imaginam que ele é tudo isso e, no fim, passam as oportunidades para outros colaboradores da empresa.

Eu até conversei com meu amigo sobre isso, falei que está na hora de se valorizar, se impor e contar para as outras pessoas o que já fez, mas ele disse que tem medo que o achem um tanto arrogante e “metido”.

Percebi que isso acontece não só com o Marcelo, mas com muitos outros colegas e, confesso que até comigo em muitos casos. Mas como fazer um bom marketing pessoal sem parecer prepotente? Lembrei de um artigo publicado no portal Admnistradores e selecionei algumas dicas para enviar ao Marcelo e a quem mais esteja com o mesmo problema.

Não basta apenas dar o seu melhor na empresa.

É preciso que as pessoas saibam o que você faz e que você seja conhecido por algum ponto específico. Também é importante ter um bom relacionamento com os colegas, já que, se você entende muito sobre determinado assunto e eles souberem disso, vão indicá-lo para outras tarefas. Esteja sempre disposto a aprender e a ajudar; elogie seus colegas, esteja sempre ao lado deles e ajude sua equipe a ter uma boa imagem.

Converse sobre os projetos que você está desenvolvendo no momento.

Peça ajuda se necessário, troque uma ideia com seus amigos e mostre-se entusiasmado com o progresso que está fazendo.

Voltando ao Marcelo, ele sempre foi criativo e muito curioso.

Nunca teve medo de inovar, fazer cursos sobre outras áreas, viajar e assumir outras responsabilidades. E o mais legal é que as pessoas percebem isso. Quando abrimos nosso campo de visão, as possibilidades dobram, ficamos mais produtivos e os chefes percebem.

Conheça a si mesmo.

Quando você sabe quais são seus pontos fortes, falhas e limites, fica mais confiante e pronto para falar sobre si e seu trabalho, se autopromovendo com segurança.

Não tenha medo de falar sobre o que você faz.

Se as pessoas não souberem sobre o seu trabalho, os cursos que têm feito, os lugares que visitou e as experiências profissionais que teve, como você quer conquistar uma vaga melhor?

Lembre-se sempre que a humildade vem em primeiro lugar e que você não sabe tudo. Se disponha a aprender mais e a compartilhar sua bagagem de vida com os demais.

Quando Marcelo leu as dicas, começou a colocá-las em prática no mesmo instante. Lembro de tê-lo encontrado para um café cerca de um mês depois e, para minha surpresa e felicidade, ele havia conquistado a vaga que queria. Seus colegas de trabalho não o viam como um “se achão”, como ele imaginava, pelo contrário, adoravam conversar e aprender com ele. Foi mais uma questão de autoconfiança, de saber o que falar, no melhor momento e para quem falar.

Viu só? Se o Marcelo conseguiu, você também pode melhorar seu marketing pessoal e conquistar voos maiores. O que está esperando para seguir essas dicas? Esperamos poder contar a sua história futuramente. 😉

https://www.eventials.com/software-webinars-capturar-leads/?utm_source=banners-blog-marketing&utm_medium=cpc&utm_campaign=eventials-blog-banner-marketing



O que não fazer em uma apresentação online

 Depois de acessar o site da Eventials, de pesquisar sobre o funcionamento dos webinars e perceber como eles podem ajudar nas vendas de sua empresa e a capturar bons leads, você resolve investir e criar o seu.

Depois de definir o tema de sua apresentação e criar o roteiro, é preciso ensaiar para que tudo ocorra bem no dia. Só que para isso é preciso estar atento a alguns errinhos que podem prejudicar sua performance e transformar o seu webinar em um vídeo chato de assistir. E, claro que você não quer que isso aconteça, não é mesmo? Então confira as nossas dicas:

Ler slides

Na Eventials você pode disponibilizar slides para que o público acompanhe os tópicos de sua apresentação enquanto você fala. Mas lembre-se de que ele deve servir apenas como um apoio. Não leia o que está nas telas, isso não causa uma boa impressão e pode levar o público a duvidar de sua capacidade. Deixe apenas o que importa nos slides e complemente o assunto durante a apresentação.

Encher o slide de texto

Imagine você acompanhar o que o palestrante está falando e ainda ter que ler um slide abarrotado de texto? Simplifique! Escreva apenas o que for necessário nos slides. Opte por uma comunicação direta e objetiva. Quer uma dica? Faça textos como se estivesse escrevendo uma postagem no Twitter!

Escolher uma fonte pequena e cores que não combinam

E quando você acompanha o texto em um slide que as cores não combinam, a fonte é pequena, difícil de ler e a cor do fundo da tela também não ajuda? É importante ficar atento na composição do slide, para que o público não preste atenção em outros detalhes sem ser no texto. Na dúvida, opte pelo básico preto e branco. Melhor investir em uma apresentação simples e sofisticada do que em um carnaval de cores que pode causar desconforto. Uniformidade visual é tudo.

Infantilizar o público

Durante o webinar, lembre-se que você está falando com adultos (na maioria dos casos). Portanto, não infantilize seu público. Estimule as perguntas de forma inteligente, não com “alguém tem alguma dúvida?”. Cuide para não falar o que é óbvio e para não fazer brincadeiras ou usar gírias que não tenham a ver com sua audiência. Bom senso sempre!

Falar sempre no mesmo tom

Use a emoção para deixar os participantes atentos. Fale pausadamente e com clareza. Saiba usar a sua voz para mostrar que o assunto daquele momento é importante e que requer atenção. Um palestrante que fala sempre no mesmo tom é chato e dá sono…

Não ser criativo

Criatividade é fundamental na hora de fazer uma apresentação. Se você acha que deve disponibilizar um material extra, com dicas de filmes e livros para os participantes, disponibilize! Se deseja interagir com eles de uma forma diferente, faça! Tente, experimente! É a forma como você se relaciona com o público e as experiências diferentes que você proporciona que os levam a lembrar da apresentação e indicar a outras pessoas. 😉 Agora, coloque as dicas em prática e faça seus webinars! Acesse nosso site e veja como é fácil.

https://www.eventials.com/sistema-transmissao-de-palestras-online/?utm_source=banners-blog-palestras&utm_medium=banner&utm_campaign=eventials-blog-banner-palestras