EAD: saiba mais sobre o ensino à distância

A pandemia provocada pela Covid-19 trouxe mudanças na rotina de muitos profissionais, como contadores, administradores e médicos. No entanto, não podemos esquecer que a educação é um pilar importante da sociedade e foi igualmente afetado pelos últimos acontecimentos.

O fechamento de escolas e instituições de ensino visa proteger não apenas a saúde dos alunos e funcionários, mas também suas famílias. Por isso, estas mesmas instituições estão sendo estimuladas a atender seus alunos de modo não presencial, oferecendo ensino à distância.

 

Quais são as recomendações gerais para o ensino à distância?

A Unesco criou uma cartilha para ajudar as instituições a oferecer este tipo de ensino. A seguir, você pode ver algumas das diretrizes propostas pela Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura.

  1. É preciso contar com ferramentas que assegurem o acesso ao material de ensino, como acesso à internet, emissoras de rádio ou TV. Para isso, é necessário conhecer a escola e as tecnologias das quais ela dispõe. 
  2. A orientação também trata do acesso de alunos com deficiência ou de baixa renda. Isto se faz necessário para garantir que todos possam usufruir das atividades. As instituições podem optar por emprestar seus equipamentos aos alunos.
  3. É essencial proteger toda informação trocada durante a comunicação online. Esta segurança visa garantir a proteção dos dados e manter a privacidade dos estudantes.
  4. Ainda para facilitar, professores e educadores podem utilizar a mesma plataforma enquanto abordam diversos conteúdos. 
  5. Estipular a duração das atividades considerando o rendimento dos estudantes já que a concentração dos alunos dura um tempo específico. Por isso, são recomendados, inicialmente, 20 minutos de aula para o ensino fundamental e 40 minutos para o ensino médio.

 

Quais são as vantagens das aulas á distância?

Apesar de ser uma medida para controlar o contágio do novo coronavírus, as aulas virtuais possuem benefícios indiscutíveis. Alunos e professores podem obter maior praticidade, comodidade e economia. A praticidade se refere ao fato de o conteúdo disciplinar estar disponível através de cliques. A comodidade está relacionada a poder assistir aulas e cursos de qualquer lugar, desde que tenha acesso às ferramentas necessárias. Já a redução de gastos com deslocamentos e mensalidade justifica a economia quando compara a cursos presenciais.

Além disso, as aulas virtuais contribuem para que os alunos desenvolvam sua autonomia e aprendam a tomar a iniciativa. Estas são características relevantes no mercado de trabalho e podem fazer a diferença na contratação. Os chats e fóruns, comuns ao ambiente virtual, facilitam a troca de experiências entre professores, alunos e tutores. 

No entanto, é necessário que instituições, alunos e seus responsáveis tenham em mente que a autodisciplina é essencial. As EAD, ou ensino à distância, oferece flexibilidade de horários e, por isso, o bom aproveitamento dos conteúdos está relacionado à determinação e à seriedade do aluno.

 

Como a Eventials pode me ajudar em relação à EAD?

A Eventials pode ser sua aliada neste momento, contribuindo para o ensino à distância. LiveAula by Eventials é a solução ideal para instituições de ensino. Ele permite que professores transmitam aulas ao vivo, de casa, com o auxílio de um computador e uma webcam. Mais de 350 instituições fizeram da Eventials a sua plataforma de ensino a distância. Fale conosco e saiba mais!

Saiba como vídeos podem contribuir para o seu kick off

Diante de um novo projeto, é essencial reunir todos os seus participantes. Esta reunião é necessária para definir questões relativas a estratégias, desenvolvimento e comunicação durante a nova campanha. Chamamos este primeiro evento de “kick-off”, quando ocorrem alinhamento de expectativas e necessidades do novo cliente.

 

Você sabe o que é kick off?

Antigamente, jogos de futebol para videogames costumavam vir na língua inglesa. Sendo assim, no momento do chute inicial, o narrador usava o termo kick off ou as palavras surgiam na tela anunciando o começo da partida. Podemos traduzir a expressão como “dar o pontapé inicial”, “lançamento, “começo”, “início” ou “reunião inaugural”.

O termo, então, é empregado como início de um evento, de um projeto ou de uma atividade, sendo utilizado em diversas áreas. A duração é variável de acordo com a necessidade de cada equipe e envolve compartilhamento de informações e impressões úteis captadas pelos participantes envolvidos. O ideal é que todas as dúvidas sejam sanadas ao fim do kick off, possibilitando o desenvolvimento do projeto.

 

Por que fazer uma reunião de kick off?

Nesta reunião, o responsável pela apresentação deverá pontuar as características e necessidades do novo cliente ou projeto. Cada tópico da reunião deverá ser debatido e esclarecido, promovendo uma discussão sobre os assuntos abordados. Questões como objetivo, gestores, profissionais envolvidos, cronograma, prazos de entrega e investimentos necessários devem ser abordadas, mas este conteúdo pode variar. O gestor deverá montar a reunião de acordo com o projeto, seu objetivo e a cultura da empresa.

O kick off é o primeiro passo para o sucesso do projeto, podendo prever e evitar imprevistos. Ele irá impactar todas as rotinas relacionadas ao novo objetivo, possibilitando o alinhamento de estratégias e revisão de fatores críticos. Durante esta reunião também podem surgir sugestões de melhorias ou alterações nas fases e nas tarefas do projeto.

 

Por que transmitir o kick off ao vivo?

Pode ser complicado organizar a agenda de todos os envolvidos, ainda mais considerando o deslocamento. Além disso, seu cliente ou colaborador pode estar localizado em outro estado ou mesmo país. Sendo assim, a transmissão ao vivo permite que os participantes entendam tudo o que seja apresentado, incluindo a expressão corporal do gestor.

A transmissão por webinars, por exemplo, possibilita que haja uma comunicação entre você e seus colaboradores ou clientes em tempo real. Sendo assim, a comunicação ocorre de forma organizada, clara e objetiva.

Caso seja necessário, é possível realizar o kick off utilizando os dois métodos: de modo online e presencial. A equipe, alocada na sala de reunião, e os demais participantes, em seus respectivos escritórios ou residências, irão desfrutar da mesma apresentação. A transmissão ao vivo confere a conexão humana e a seriedade necessárias a uma reunião inaugural.

Utilize a tecnologia a seu favor, aproveite seus benefícios e melhore a experiência dos seus colaboradores, seus clientes e sua empresa.

Eventials: conheça seus benefícios em relação às demais plataformas

Seja qual for sua área de atuação, é preciso cortar ruídos na comunicação tanto interna quanto externa. Para isso, é essencial contar com uma ferramenta que permita a realização de reuniões, anúncios e apresentações em tempo real e a qualquer momento.

Para manter uma comunicação direta, seja com colaboradores ou clientes, é importante escolher uma ferramenta segura e de confiança.

A Eventials é uma plataforma de webinars feita sob medida para empresas que pensam no futuro. Os webinars são ferramentas que podem ser utilizadas em áreas como marketing, treinamento, vendas diretas, educação e palestras. Indústria, empresas de TI e franquias também podem utilizar este tipo de instrumento.

 

Quais são os itens necessários para transmitir webinars?

Indicamos o uso de um computador com, pelo menos, 4GB de memória RAM. Você também precisará de uma câmera e um microfone, como os do computador. Para transmissões mais profissionais, pode optar por aparelhos externos, que oferecem maior qualidade.

Em relação à Internet, recomenda-se uma conexão superior a 4Mbps com taxa mínima de upload de 700 kbps. Já a apresentação deve ser convertida para PDF.

 

Quais são as vantagens da Eventials?

Atualmente, existem muitas plataformas para compartilhar seu conhecimento e alcançar sua audiência. Entre os mais famosos estão Youtube, LinkedIn Live, Facebook Live e Zoom.

A Eventials oferece webinars que permitem transmitir e compartilhar seus vídeos através de apresentações criadas em 10 segundos. Você pode entrar ao vivo em segundos em transmissões direto do browser, ganhando tempo e agilidade. Também é possível interagir em tempo real com os participantes ao promover debates durante as transmissões.

A interface responsiva permite o acesso em qualquer dispositivo como computadores, smartphones ou tablets. Sua audiência receberá e-mails com convites ou lembretes e seus vídeos são gravados automaticamente. Assim, todo conteúdo produzido poderá ser assistido a qualquer momento.

Por ser realizada em ambiente virtual, a plataforma oferece praticidade e economia ao reduzir os custos com aluguel de espaços e viagens. Da mesma forma, sua audiência poderá ser alcançada em seus escritórios, residências ou qualquer outro local.

Ao optar pela Eventials, você terá um endereço personalizado com o nome da sua empresa. Assim, você poderá divulgar: eventials.com/sua_empresa. A página de transmissão também é personalizada com a identidade da sua marca ou do seu evento. Além disso, todo conteúdo produzido por você será reunido no perfil da sua empresa na Eventials e disponibilizado para seus colaboradores.

A Eventials oferece muitos outros benefícios, como single sign-on, compartilhamento de tela, streaming adaptativo e chat room. Além destes, a plataforma também possui sistema de perguntas e respostas e os webinars podem ser públicos ou privados. Moderação compartilhada de coaches, relatório de permanência, lista de participantes, gravação e armazenamento são outras vantagens. 

É importante ressaltar que plataformas livres não permitem a coleta de dados do lead. Além disso, algumas plataformas pagas apresentam problemas referentes à segurança, criando riscos no que tange a troca de informações.

Os webinars também podem compor sua estratégia de marketing, uma vez que facilita a aquisição de clientes e a conversão de leads. Fale conosco, teste grátis por 10 dias e saiba mais!

5 Estratégias Digitais para Escolas, Universidades e Faculdades

WA necessidade de se definir boas estratégias digitais pode afetar negócios e diferentes tipos de organizações, incluindo escolas e instituições de ensino superior.

Existem muitos obstáculos na criação de uma estratégia de marketing digital para uma organização educacional, começando pelo seu tamanho (universidades são universos por si só, afinal possuem muitos departamentos e grupos de diferentes interesses) e terminando com seus diferentes tipos de públicos-alvo que precisam ser atingidos.

Portanto, uma estratégia digital para instituições de ensino parece uma tarefa assustadora, principalmente quando falamos em faculdades e universidades.

Felizmente, neste post você irá conferir algumas dicas de estratégias que separamos para te ajudar! 

Continue a leitura e descubra quais são elas! 

 

Principais estratégias digitais que trazem resultados para instituições de ensino

Antes de conferir as dicas que separamos, você precisa entender porquê estratégias digitais são tão importantes para instituições de ensino. A primeira coisa que precisamos dizer é que provavelmente todos os seus atuais e futuros alunos estão ativos na internet.  

Eles são o seu público-alvo e para alcançá-los, você precisará ter uma estratégia de digital bem estruturada e eficaz. Afinal, os futuros alunos e seus pais estão procurando por informações sobre cursos, reputação de instituições e outros aspectos relevantes.

A má notícia é que existem muitos obstáculos quando se trata de estratégias digitais. Já a boa notícia é que, com o planejamento certo e uma pequena ajuda de ferramentas, você poderá ter excelentes resultados com marketing digital para escolas, faculdades e universidades.

Confira abaixo algumas que separamos! 

 

1- Definição de personas

Você não conseguirá definir nenhuma estratégia digital se primeiro não fizer a criação de personas. Como já falamos, você pode ter diferentes tipos de públicos-alvo.

Uma universidade pode querer atingir estudantes recém-formados no ensino médio, pais de alunos, pessoas mais velhas interessadas em fazer um curso de graduação, pessoas com ensino superior que querem fazer uma pós-graduação, etc.

Para atingir cada público-alvo você precisará criar um cliente ideal e analisar todas as informações, por exemplo, dados demográficos, mas também informações como hobbies e interesses. Quanto mais informações as suas personas tiverem, melhor você conseguirá entender seus potenciais clientes e assim definir o conteúdo e estratégias que irá destinar para cada um deles.

Sim, é uma tarefa demorada, mas as recompensas valem a pena!

 

2- Criação de site profissional

Pode parecer óbvio, mas a primeira coisa que um aluno provavelmente irá procurar na internet é o seu site. De fato, de acordo com uma pesquisa, 80% dos estudantes vinculados à faculdade concordam que os sites influenciam sua decisão mais do que qualquer outro recurso.

Portanto, é essencial criar um site amigável, informativo, otimizado para SEO, visualmente atraente e responsivo. O rastreamento de dados ajudará a entender como e onde os alunos se envolvem para que você possa refinar e otimizar o site com conteúdo e soluções que os visitantes desejam.

Além disso, a incorporação de personalização permitirá criar um perfil de um visitante com base no conteúdo com o qual ele se envolve. Esses perfis podem te ajudar a direcionar visitantes de maneira mais eficaz e assim aprimorar a experiência do usuário.

 

3- Aproximação através dos celulares

Em uma época em que os alunos são educados com tecnologia e o smartphone tem uma presença muito grande em suas vidas, é essencial tornar os celulares parte de uma estratégia digital.

Cada vez mais os estudantes usam dispositivos móveis durante a fase de descoberta na busca por educação, enquanto a maioria faz suas primeiras visitas aos sites em seus celulares.

Investir em mobile é muito importante para instituições de educação, pois as estatísticas mostram que somente em 2016, 43% de todo o tráfego mundial de sites foi gerado através de dispositivos móveis. Imagine agora, onde o uso de smartphones está cada vez mais em crescimento. 

Além de investir em um site responsivo, você também pode ter um aplicativo da sua instituição, que pode ajudar a criar uma experiência personalizada para futuros alunos.

 

4- Organização e criação de conteúdo relevante

Todos os dias, milhares de conteúdos são compartilhados online. Essa sobrecarga de conteúdo significa que as pessoas têm uma necessidade de ter informações na ponta dos dedos para ajudá-las a tomar decisões. Para reduzir o excesso, você precisará criar e selecionar conteúdo que realmente sejam interessantes para seu público-alvo.

Criar conteúdo relevante e informativo através de blogs, vídeos, mídias sociais, e-books, e-mails marketing, entre outros, não só te ajudará a estabelecer sua instituição como influenciadora, mas também irá direcionar tráfego para seu site. 

No momento atual, conteúdo em vídeo se tornou essencial para as pessoas que estão em casa em busca de conhecimento. Portanto, outra ótima opção para se oferecer conteúdo é o webinar. Esse formato funciona como uma conferência online com o intuito educacional, onde a comunicação é feita apenas por uma via, ou seja, somente pelo palestrante, enquanto as outras pessoas assistem. 

Produzir conteúdo nas páginas do seu site e em seu blog irá ajudar na classificação do seu site nos resultados de busca nos mecanismos de pesquisa. O resultado: mais pessoas irão ver seu conteúdo e sua marca.

Além disso, o compartilhamento de conteúdo de terceiros demonstrará liderança de pensamento e, com o tempo, ajudará a estabelecer você como uma fonte de conteúdo confiável.

O uso e compartilhamento de seus atuais alunos, como blogs ou vídeos de convidados, também poderá ajudar futuros alunos.

 

5- E-mail marketing para universidades

O email marketing não costuma ser associado a instituições de ensino. 

Mas, como em qualquer empresa, as escolas precisam de uma maneira eficaz de se comunicar com os alunos e funcionários, bem como de demonstrar os benefícios de seu estabelecimento aos futuros alunos. O email marketing fornece um meio de conectar todas essas pessoas de maneira extremamente eficiente.

O marketing por e-mail pode ser usado para informar os alunos sobre as datas e horários dos cursos, informar os funcionários sobre o fechamento ou as mudanças de classe ou para incentivar os futuros alunos a se inscreverem.

De fato, o email marketing é uma das maneiras mais eficientes e eficazes para as escolas se comunicarem com as partes interessadas, por alguns motivos:

    1. Segmentação: com ferramentas de e-mail marketing você consegue segmentar seu público e enviar e-mails apenas para determinadas pessoas.
    2. Personalização: com tags dinâmicas você consegue personalizar seus e-mails para conter dados do seu usuário durante a mensagem (como o nome, por exemplo)

 

  • Automatização: é possível criar cadências de e-mails automáticas que irão nutrir o lead por toda a jornada dele.

 

 

O futuro do marketing para instituições de ensino

As instituições de ensino precisam entender que as estratégias digitais já são muito importantes para se obter grandes resultados e isso terá cada vez mais um impacto maior. 

A influência do mercado digital afetará não apenas as ações online, mas também os cursos, os tópicos de pesquisa e a estratégia geral de todo uma instituição. Quanto mais sua marca for reconhecida como relevante e autoridade no mercado, mais preparada ela estará para as mudanças que virão e mais conquistará seu público-alvo. 

Depois de conferir nossas dicas, você está pronto para começar a investir em estratégias digitais ou, já realiza alguma delas, mas quer melhorá-las? 

Com dedicação, análise e organização você conseguirá atingir todos os resultados que deseja! 

Marketing: você sabia que o webinar pode ser um aliado?

O webinar pode ser incluído na sua estratégia de marketing, permitindo que você avance na aquisição de clientes. Ele pode ser uma ferramenta para aprendizado e descoberta, passando pelo reconhecimento do problema e chegando à consideração da solução. Sendo assim, o webinar é um aliado que ajuda na conversão de leads em clientes.

Como posso aumentar minha taxa de conversão?

Para expandir o alcance da sua empresa, é preciso trabalhar a etapa de conscientização. É neste momento que você desperta o interesse daqueles que ainda não são clientes, ou seja, seus prospects. O webinar é um excelente meio para realizar o primeiro contato, sendo eficaz para dar início a uma conversa capaz de converter leads.

Como posso utilizar os webinars?

Uma das aplicações do webinar é na área de co-marketing, ou marketing compartilhado. Assim, você pode unir sua empresa a outros negócios ou pessoas influentes, aumentando ainda mais seu alcance e as chances de converter novos leads. Você pode aproveitar e unir empresas que se completem, ou seja, que resultem em conteúdos especializados, atendendo a qualquer necessidade do seu lead.
Na inscrição, a audiência do webinar irá fornecer dados como nome e e-mail. A partir disso, sua empresa pode manter contato através do envio de informações e da promoção de blogs, websites e redes sociais. Assim, você criará seu network e poderá desenvolver a autoridade digital da sua marca diante do consumidor.
No entanto, não utilize o primeiro webinar para vender seu produto. Lembre-se: o intuito é mostrar que você e sua empresa podem solucionar os problemas dos seus futuros clientes. Você pode aproveitar este momento para mostrar para a sua audiência que ela pode confiar no seu serviço, que ele é seguro.

Como o webinar estimula o contato com meu público?

O webinar é uma plataforma que permite e estimula a interação entre empresas e clientes. Como resultado, você, sua empresa e sua audiência terão trocado informações e conhecerão muito mais um sobre o outro.
É possível aproveitar as dúvidas e os questionamentos dos participantes para expor seu posicionamento e as soluções oferecidas pela sua empresa. Assim, seu possível cliente receberá atendimento personalizado e terá uma ótima experiência.
Além disso, esta ferramenta ajuda a conscientizar e até mesmo a educar seus prospects. Oferecer conteúdos interessantes, ricos e relevantes, aumentam as chances da sua audiência acompanhar sua apresentação até o fim e interagir com você. Assim, seu webinar ajuda a posicionar o seu produto e a sua marca, selecionando um ou mais problemas e apresentando a solução para cada um deles. Você também pode utilizar cases de sucesso para destacar a eficiência do seu serviço ou produto.

Como o webinar ajuda na venda do meu serviço ou produto?

Quando seus possíveis clientes acompanham seu webinar, você já despertou o interesse deles sobre seu produto ou serviço. Neste momento, você pode adotar postura de venda para mostrar que a solução oferecida por você é a mais adequada às necessidades do seu público. É importante estimular a discussão sobre os benefícios do seu produto ou serviço aproveitando, como dito anteriormente, qualquer questionamento realizado pela audiência.
Agora você consegue ver os webinars como aliados da estratégia de marketing. Conte com a Eventials para saber ainda mais sobre esse universo e tirar seu planejamento do papel.

Saiba como divulgar um webinar

Você sabe o que é um webinar? Este é uma espécie de seminário realizado pela internet e permite um alcance ilimitado. Em outras palavras, um webinar é um tipo de vídeo ou webconferência realizado através de plataformas online. Ele pode ter diversos fins, como educacionais ou comerciais.

Conforme o assunto abordado, o webinar pode ser aplicado às ações de marketing de conteúdo ou de marketing de vendas. O conteúdo deve ser relevante e útil, favorecendo o posicionamento da sua empresa e desenvolvendo sua autoridade. Para outros casos, é possível investir na promoção e na divulgação da sua empresa ou seus serviços.

Como divulgar um webinar?

O primeiro passo é conhecer seu público e entender suas necessidades. A partir disso, é possível saber como desenvolver a divulgação do seu webinar. As opções incluem divulgar através das redes sociais, dos leads ou outras formas de divulgação. Considerar as opções e escolher a mais adequada ajuda a aumentar as chances de sucesso.

Em seguida, é importante definir seu objetivo, como gerar mais leads ou chamar a atenção daqueles que você já possui. Lembrando que estes são contatos que têm interesse no seu produto ou serviço, cada objetivo requer um tratamento diferente.

Se seu objetivo é conseguir mais leads:

O interesse do seu provável cliente é afirmado pelo preenchimento de formulários online que requerem dados como nome e contato. As redes sociais são uma ótima ferramenta para segmentar seu público e despertar os interesses de cada um. Isso é possível porque podemos obter diversas informações com base em páginas curtidas e itens compartilhados.

No entanto, antes de divulgar seu webinar, é preciso descobrir onde o seu público está. Ele pode estar em redes como Facebook e Instagram ou LinkedIn e Youtube. Mesmo que você nunca tenha trabalhado com uma rede ou outra, é importante não se fechar para as oportunidades. Assim, você ganha tempo, economiza dinheiro e esforço, além de alcançar seu público.

[eBook] Confira este Guia para Gerar Leads com Webinar

Se seu objetivo é reter a atenção daqueles que já são seus leads:

Neste caso você pode aproveitar os meios de comunicação já utilizados pela sua empresa. Se você usa e-mail, Facebook (e seus grupos de discussão), WhatsApp, Telegram ou Instagram, invista neles. Seus leads podem ser motivados a convidar outros ou a compartilhar seu conteúdo com seus amigos.

Qual é o próximo passo?

Tenha em mente quais problemas podem ser resolvidos pelo seu webinar, assim é possível entender como ele ajudará sua audiência. Você poderá tratar de uma dor ou educar seu público sobre seu produto. Para isso, considere:

  • o que torna esse conteúdo relevante para a audiência;
  • quais problemas podem ser solucionados com seu webinar;
  • qual a importância do webinar e de seu conteúdo para o público.

Após esta definição, pense nas peças de divulgação do webinar nas redes sociais. Essas peças devem ser atrativas, servindo como uma vitrine para o seu webinar, buscando atingir uma audiência qualificada. Agora que você já sabe como divulgar um webinar, o ideal é aproveitar o poder que ele possui. Assim, é possível alcançar seu objetivo através de um contato mais próximo com seus leads.

Descubra como acabar com o bloqueio criativo

Às vezes precisamos nos concentrar na criação de ideias, textos ou roteiros, como os de webinars. O bloqueio criativo, ou falta de foco, atrapalha este processo e pode nos tirar a tranquilidade, facilitando a procrastinação. A necessidade de ser um profissional multitarefas pode prejudicar a produtividade, causando ansiedade e estresse.

O que é bloqueio criativo?

O bloqueio criativo consiste na dificuldade de se manter inspirado ou ter novas ideias. Qualquer profissional pode ter um bloqueio criativo, mas aqueles que trabalham com criação, como músicos e escritores, são os maiores afetados.
É importante ressaltar que não há uma limitação física para a criatividade, ou seja, não podemos acabar com seu estoque.

O que pode provocar o bloqueio criativo?

Estudos indicam que depressão, ansiedade, tristeza, excesso de autocrítica e falta de autoconfiança podem causar o bloqueio criativo. Isso acontece porque os problemas psicológicos prejudicam a motivação e o prazer durante o processo criativo. Outras causas comuns são perfeccionismo e medo de comparações ou de rejeição. A pressão por um ótimo desempenho, dificuldade de escolha e, muitas vezes, o tédio provocado pela rotina são outros fatores.

Como acabar com o bloqueio criativo na hora de escrever?

Para ajudar a acabar com o bloqueio criativo e evitar a procrastinação, separamos algumas dicas para deixar fluir sua imaginação e sua criatividade.

Brainstorm:

Já ouviu falar em brainstorm? Esta é uma técnica que permite que um pensamento mais livre seja eficaz contra o bloqueio criativo. Em tradução livre, brainstorm significa tempestade de ideias e incentiva que nossas ideias sejam expostas sem julgamento. Externá-las sem qualquer pretensão ajuda a libertar a mente e abrir espaços para novos conceitos.
O processo costuma ser realizado em grupo, proporcionando a troca de opiniões, a solução de problemas e a criação de escolhas. Apesar disso, o brainstorm pode ser realizado sozinho desde que você permita que seus pensamentos venham à tona. Você pode utilizar este método para criar títulos, pautas, infográficos, artigos e roteiros de webinar.

Mapas mentais:

Mapa mental ou mapeamento da mente ajuda a organizar o processo de criação, facilitando a execução de ações e ideias. Para isso, conte com elementos visuais e utilize cores diferentes para montar a estrutura do seu trabalho, seja texto ou imagem. Definir os assuntos com tópicos e subtópicos também pode ajudar a expandir suas ideias.

Faça uma pausa:

Esta é uma dica importante. Faça pausas, alongue seu corpo e beba água. Os intervalos podem ser valorosos para sua criatividade.
As pausas também podem ser mais longas, como passeios e até viagens. Além de combater o esgotamento, também pode originar diversas novas ideias.

Leia:

A leitura intensifica as conexões cerebrais e também pode originar novas ideias. Você pode escolher seu autor favorito ou investir em um desconhecido. O importante é estimular sua imaginação e buscar inspiração.

Assista ou escute algo que te distraia ou motive:

O entretenimento é uma peça valiosa para recuperar o ânimo e a criatividade. Você tem algum filme ou série preferido? Quer escutar sua banda favorita? Eles podem ser seus aliados para acabar com o bloqueio criativo. Videogames também podem ajudar a despertar sua capacidade de criação!

Webinars: ferramentas contra a propagação do novo coronavírus 

Webinars: ferramentas contra a propagação do novo coronavírus

Estamos vivenciando um momento em que autoridades públicas mundiais buscam medidas para controlar possíveis danos causados pelo novo coronavírus. A expectativa é conter esta ameaça à saúde e reduzir o número de afetados pelo Covid-19.

O mercado empresarial, por outro lado, busca se adaptar à nova realidade sem abrir mão de seus compromissos. Algumas medidas comuns são a adoção do estilo home office e a promoção de treinamentos, eventos e aulas online. Neste ponto, os webinars são aliados especiais.

O que preciso saber sobre essas medidas?

O home office, ou trabalho remoto, permite que seu colaborador trabalhe no escritório de casa ou em hotéis, cafés, espaços de coworking, aeroportos, transportes ou parques. A promoção de treinamentos e eventos online pode ser feita através dos serviços de streaming profissional. Eles incentivam a interação, são mais econômicos e dão credibilidade ao seu negócio. Além disso, permitem o alcance de um número muito maior de espectadores. Eles podem acessar seu conteúdo através de smartphones, computadores ou smart tvs.

Já as plataformas virtuais, para aulas online, poderão oferecer conteúdos programáticos e outros recursos educacionais referentes às disciplinas curriculares. Também poderão ser indicados filmes, jogos e até mesmo instruções de prevenção ao novo coronavírus. Dessa forma, a experiência vivida por professores e alunos pode ser colaborativa e interativa.

Por mais que, no Brasil, os casos do novo coronavírus ainda sejam reduzidos, é melhor preparar sua empresa para adotar estas medidas. Desta forma, é possível evitar transporte público, aglomerações e outros locais que permitam a alta circulação de pessoas.

Utilizar serviços de streaming e webinars prejudica a produtividade?

Segundo uma pesquisa realizada pela Universidade de Stanford, não. O estudo, de 2015, revelou que a produtividade dos funcionários avaliados aumentou durante períodos trabalhados em casa. Diante da necessidade imposta pelo surgimento do novo coronavírus, se sua empresa possui a chance de adotar webinars, deve optar por eles.

Quais são os benefícios da transmissão online?

Tanto eventos quanto a educação e a comunicação corporativa podem ser beneficiadas pelos webinars. A transmissão online também permite que seus colaboradores tenham acesso a um conteúdo de qualidade.

Os webinars possibilitam a interação entre os convidados e os apresentadores. A audiência pode se sentir mais confortável em participar quando não há tanta exposição em relação a um evento presencial. Isso torna o seu evento mais dinâmico e interessante.

Eventos presenciais, de modo geral, requerem mais gastos e investimentos para garantir a infraestrutura necessária para atender ao público. Para que todos sejam bem recebidos e acomodados, é necessário aluguel de espaço, decoração, coffee break e material de apoio. Também é necessário haver uma equipe de recepção, segurança e limpeza.

Os webinars também possibilitam a realização de reuniões à distância e facilitam treinamentos e comunicação interna. Outras formas de empregar os vídeos no dia a dia da sua empresa são ações de marketing de conteúdo ou ações de marketing de vendas.

Como trabalhar a interação com o público durante o webinar

Como trabalhar a interação com o público durante o webinar

Você sabe o que é um webinar e como utilizá-lo para interagir de maneira mais eficiente com o seu público?

Com o avanço das tecnologias e de um trabalho voltado para o público por meio da internet, a interação online se tornou uma realidade. Hoje, é possível promover um evento virtual e ter contato com os espectadores em tempo real.

Um exemplo disso é o de um profissional de imobiliárias que pode utilizar esse formato para mostrar o seu portfólio de móveis alto padrão, e responder perguntas dos seus potenciais consumidores durante a exibição.

Com o webinar, as pessoas se conectam mais facilmente e podem interagir de maneira ativa, tanto para passar conteúdos quanto para realizar comentários.

Para entender melhor o que é um webinar e como você pode investir nessa estratégia para trabalhar um contato mais próximo com o seu público, siga a leitura deste artigo.

O que é um webinar e qual é a importância da interação?

Muito provavelmente você já assistiu a algum conteúdo online, onde um apresentador levava dados de grande importância para as pessoas que estavam assistindo. O webinar é isso: um seminário online.

Com um vídeo sendo transmitido ao vivo, por meio de um dispositivo devidamente conectado à internet, é possível assistir a uma aula ou palestra diretamente da sua casa, acompanhando e interagindo de maneira ativa durante a exibição.

Se um técnico em projeto elétrico industrial decide promover um webinar para os clientes da sua empresa, ele deverá seguir algumas etapas, tais como:

  • Definir uma data e horário;
  • Escolher uma plataforma de webinar;
  • Enviar um e-mail para convidar os seus clientes;
  • Pedir a confirmação e inscrição deles;
  • Conectar-se no dia da apresentação e interagir com o público.

É importante que haja uma apresentação inicial, que explicará ao público como funciona o formato de webinar.

Isso quer dizer que o palestrante vai desenvolver o tema e, conforme surgirem dúvidas, elas poderão ser enviadas em tempo real.

Esse formato é considerado um dos mais próximos de uma apresentação presencial, onde as pessoas interagem ao levantar a mão para expor a sua dúvida.

Desse modo, o público pode não apenas participar mais ativamente, mas também aprender e absorver de modo integral um conteúdo mais complexo, tal como fazer um plano de gerenciamento de resíduos eficaz para o seu negócio.

A importância da interação

Se você possui uma empresa, já deve conhecer os benefícios de um contato mais próximo com o seu público.

Esse é o ponto de partida para que ele comece a adquirir admiração pelo negócio e assim, torne-se um cliente fiel.

Com o advento da internet e das instituições que utilizam as plataformas sociais para se promover, o webinar trouxe essa mesma proximidade para uma relação que, normalmente, seria considerada “distante”.

Qualquer estabelecimento que deseja crescer, deve investir na sua presença virtual e, com o webinar, isso se mostra uma estratégia cada vez mais eficiente.

Afinal, quando há a interação, você não só alcança novos negócios como também fideliza os seus clientes.

Dada a importância da interação, abordaremos a seguir as melhores maneiras de desenvolvê-la.

Como interagir de modo assertivo com o seu público

Em um webinar, você possui diferentes formas de interação com o público. Algumas delas podem ser ao vivo e outras após a exibição.

Normalmente, as plataformas de webinar oferecem ferramentas que possibilitam estreitar os laços durante a apresentação.

Em uma palestra sobre automação de máquinas, por exemplo, você pode disponibilizar o chat ao vivo, momento em que as pessoas podem interagir de modo efetivo, entre elas e com você.

Há também a enquete, em que você publica uma pergunta, juntamente com as alternativas, para que o seu público possa responder.

A interação pós-apresentação pode acontecer de outras maneiras. Uma delas pode ser responder às perguntas que os espectadores tenham enviado durante a sua palestra.

Você deve se preocupar em dar resposta para todas, de modo que o público saia satisfeito da aula.

Outra maneira é enviando uma pesquisa de satisfação para os seus clientes, pedindo um feedback geral do webinar e sugestões de temas para os próximos encontros online.

Você também deve aproveitar o momento do webinar para coletar o e-mail ou telefone dos espectadores.

Isso pode ser essencial para um contato posterior, onde você pode comunicar novos eventos e começar a investir em um contato mais próximo com o seu público.

Desse modo, o webinar vai ser uma das ferramentas mais interessantes para o seu negócio, em que você oferece um conteúdo de qualidade para os seus clientes e trabalha uma interação mais próxima e eficiente para fidelizá-los.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Texto, webinar ou podcast: qual funciona para a sua empresa?

Existem muitas formas de se comunicar com seus colaboradores, clientes ou público-alvo. A produção de conteúdo faz uso de diversas ferramentas para distribuir materiais relevantes para seu cliente, como textos, webinars e podcasts. Esta é uma tática importante, pois pode melhorar as vendas e trazer visibilidade. Mas você sabe qual modelo trará mais conversão? Saiba no texto abaixo.

Técnicas para apresentações presenciais e online

O que é um podcast?

O podcast consiste em arquivos de mídia digital em áudio, geralmente no formato MP3, publicados na internet. Uma de suas facilidades é que podem ser baixados ou escutados online. Assim, caso não possa ouvir naquele momento específico, você pode fazer download do arquivo e acessar quando quiser.

A adesão ao formato tem aumentado nos últimos anos e este é um modelo que agrada o segmento do negócio. Os assuntos dos podcasts costumam ser específicos e abordados de forma direta, sem muito rodeios.

Os podcasts são tão populares para empresas justamente pela disponibilidade e por poderem ser escutados em qualquer lugar. Para ouvir, basta ter acesso a smartphones, computadores, tablets ou aparelhos semelhantes.

 

O que é webinar?

Webinars são seminários, vídeo ou webconferências realizados pela internet, oferecendo alcance ilimitado. Sua transmissão pode possuir fins educacionais ou comerciais e ocorre através de plataformas online.

Os webinars podem fazer parte de ações de marketing de vendas ou de conteúdo, de acordo o com o assunto abordado. O consumo de vídeos também aumentou muito, atraindo a atenção de clientes em potencial.

Algumas vantagens dos webinars são baixo custo, geração imediata de leads; maior engajamento e interação e aumento de autoridade. Além disso, webinars funcionam como um funil de vendas duradouro, pois os vídeos produzidos podem ser reutilizados inúmeras vezes, gerando mais lucro com menos investimento.

 

Ainda há espaço para textos?

A criação e a oferta de conteúdo textual é uma das frentes do Inbound Marketing. Este tipo de material contribui para o ranqueamento do seu site nos buscadores, como Google, Bing e Yahoo. O blog direciona seu público para assuntos relacionados à sua área, desenvolve sua autoridade digital e impulsiona sua marca, serviços e produtos. Entre as vantagens do blog estão: bons resultados a curto, médio e longo prazo; ser um investimento de baixo custo e fácil consumo.

 

Então, qual funciona para a sua empresa?

O áudio e vídeo se complementam, mas seu uso depende do objetivo do projeto. Além disso, um vídeo pode ser transformado em podcast assim como um podcast pode ser transformado em um vídeo. Da mesma forma, o conteúdo de vídeos e podcasts pode ser adaptado para textos. Por fim, podemos pensar em vídeos como aulas, textos como material de acompanhamento e áudios como suporte complementar.

Para definir qual modelo funciona para a sua empresa, é preciso considerar dois pontos:

– quais as vantagens de cada mídia?

– quanto esforço meu público precisa realizar para consumir meu conteúdo?

Conheça seu público e entenda se ele prefere ver um vídeo, ler um texto ou escutar podcasts. A partir desta análise, fica mais fácil decidir entre as possibilidades do mundo digital.

Conheça nosso Plano EnterPrise.