Atendimento online dos profissionais da área da saúde

A procura por atendimento na saúde cresceu neste período de pandemia, assim sendo o setor mais movimentado durante esses últimos meses.

Para os profissionais da área, alguns recursos tecnológicos têm ajudado a atender as demandas de forma automatizada, um exemplo são os profissionais da saúde e grandes empresas estão utilizando o webinar para se comunicar.

Em consequência desse cenário, o Ministério da Saúde aprovou a prática de teleconsultas por profissionais da saúde de todas as áreas, principalmente os médicos.

O atendimento online já era prática autorizada pelo Conselho Federal de Psicologia, e com o novo coronavírus, o órgão também autorizou todos os psicólogos a oferecerem este tipo de atendimento aos seus pacientes.

Esta é mais uma oportunidade para levar a promoção e prevenção de saúde a longa distância, inclusive, ajuda a evitar os interrompimentos de tratamentos dos pacientes que estão em isolamento social. 

Se você é profissional da saúde, e não conhece esse tipo de serviço. Então, vem conhecer como o atendimento online pode trazer benefícios para o seu negócio.

 

Como promover o atendimento online para profissionais de saúde

A primeira dúvida do profissional que deseja oferecer este tipo de serviço, é como promover, e fazer da maneira correta apresentada pela legislação.

A Lei de nº 696/2020 e o artigo da 1ª Resolução revogada pelo Conselho de Medicina Federal de nº 2.227/208, apresentam que o exercício por meio de utilização das tecnologias interativas de comunicação audiovisual e de dados, está autorizada conforme suas práticas éticas, nos seguintes casos:

  • Suporte assistencial e monitoramento de diagnóstico;
  • Promover educação acerca de promoção de saúde e pesquisa de casos;
  • Auxiliar na prevenção de doenças;
  • Realizar triagens de pacientes;
  • Acompanhar pacientes lesionados e pós operatório.

Diante disso, as teleconsultas podem ser realizadas em diferentes âmbitos, no SUS, na saúde suplementar e no atendimento privado.

Para os profissionais liberais, de clínica ou hospitais privados, criar site profissional para divulgação do serviço promove credibilidade, onde o paciente se sentirá mais confiante.

Nesta mesma plataforma você pode oferecer conteúdo relevantes em seu blog, apresentar os serviços de atuação profissional e ajudar na marcação automatizada de consultas.

 

Como realizar a consulta a distância

Primeiramente é recomendável que o paciente tenha um documento assinado junto ao seu prontuário, acordando com tipo de método de atendimento.

Com isso, o mais indicado é que o profissional tenha um software específico para fazer a consulta a distância assegurando o paciente com integridade e criptografando as informações.

Os atestados podem ser enviados normalmente, mas já os resultados de exames, esses devem ser pelo e-mail com senha de acesso ou WhatsApp informado pelo paciente.

O atendimento online é considerado um ato médico, por isso deve manter todos as obrigações quanto a prontuários e documentos dos pacientes, além de guardá-los por 20 anos de forma sigilosa.

 

Quais os benefícios das teleconsultas na área da saúde

Uma das vantagens deste método de atendimento na saúde é que o profissional não estará limitado em seu território, alcançando pacientes em outros estados ou países.

Além disso, também ajudará no atendimento de grandes demandas, unificando informações para a equipe multidisciplinar.

As teleconsultas por sua vez, são todas remuneradas, cabendo ao médico o valor para seus serviços. 

Sendo o atendimento online dos profissionais de saúde é protegido por Lei, cabe o médico cumprir com suas obrigações, além de oferecer um serviço humanizado, mesmo com a utilização de um método a distância.

Leia também