Dicas

LGPD: conheça mais sobre a Lei Geral de Proteção de Dados

Você já ouviu falar em LGPD? A Lei Geral de Proteção de Dados visa regulamentar o tratamento, o armazenamento e a proteção de dados pessoais. Para isso, o governo pode multar empresas que vazem tais informações de pessoas físicas.

 

O que diz a LGPD?

A Lei Geral de Proteção de Dados define algumas regras sobre a coleta e a manutenção das informações. Estas regras se aplicam a cidadãos brasileiros ou qualquer pessoa que se encontre em território nacional. Desta forma, a coleta e a manutenção dos dados pessoais devem ser consentidas pelo usuário, exceto diante de mandados judiciais. A lei também abre precedente para manutenção da segurança pública quando houver investigação criminal.

 

O que a LGPD entende como dados pessoais?

Segundo a Lei Geral de Proteção de Dados, dados pessoais são “informação relacionada a pessoa natural identificada ou identificável”. Por isso, estas regras se aplicam a dados cadastrais, dados de GPS, data de nascimento, profissão, nacionalidade, interesses e outros. De forma geral, seus documentos e preferências nas redes sociais se enquadram na definição de dados pessoais.

No entanto, existem os dados sensíveis. Estes são “sobre origem racial ou étnica, convicção religiosa, opinião política, filiação a sindicato ou a organização de caráter religioso, filosófico ou político, dado referente à saúde ou à vida sexual, dado genético ou biométrico, quando vinculado a uma pessoa natural”. Neste caso, informações que possam causar discriminação devem ser tratadas como sensíveis.

Existem ainda os dados médicos, que não devem ser utilizados para fins comerciais. A permissão para tal fim deverá ser autorizada de forma expressa pelo paciente.

 

Quais são as consequências do vazamento de dados?

O resultado de possíveis vazamentos pode ser muito negativo, bem como seus efeitos. O vazamento de informações sigilosas de empresas pode provocar prejuízo ao andamento de processos. Como resultado, projetos podem ser colocados em risco.

O vazamento de dados bancários, por exemplo, de pessoas físicas significa que informações como contas e valores estarão expostas. Isso pode facilitar o uso de tais dados de forma maliciosa. Outros dados pessoais, quando vazados, podem permitir que demais empresas façam uso destes para venda não solicitada de produtos ou serviços. Da mesma forma, tais dados poderão servir para definir perfis de possíveis consumidores.

Por estes e outros motivos se faz importante optar por empresas que estejam de acordo com a LGPD. A Lei Geral de Proteção de Dados preza pela privacidade de clientes e empresas através da manutenção da confiança.

 

Como a Eventials pode me ajudar a proteger meus dados?

A Eventials já está preparada para proteger seus dados! Assim, podemos garantir que você saiba o motivo pelo qual eles são coletados e como eles serão utilizados. É importante saber que suas informações pessoais não serão compartilhadas pela Eventials. Sendo assim, sem o seu consentimento prévio, não colaboramos com empresas que venham a realizar ações promocionais ou de marketing.

Nossa plataforma está comprometida com a transparência das nossas atividades, especialmente quando seus dados pessoais estão envolvidos. Para saber mais sobre as normas adotadas pela Eventials em relação à LGPD, clique aqui.

Confira dicas para se preparar para um webinar ao vivo

Participar de eventos online pode ser mais empolgante quando comparado a outros já gravados. Mesmo que à distância, nos sentimos mais íntimos e próximos do interlocutor, sensação aumentada pela possibilidade de interação. 

Para alguns, esta opção, inclusive, desperta mais interesse pelo conteúdo que está sendo transmitido. Por isso, os webinars são capazes de manter a atenção da audiência e até mesmo agregar pessoas àquele evento. Algumas medidas são essenciais para tornar este momento único e você pode conferi-las abaixo:

 

Como me preparar para um webinar ao vivo e gerar resultados?

Esta é uma ocasião em que o preparo faz toda a diferença. É preciso estar atento ao conteúdo que será apresentado e dedicar-se para evitar problemas e a dispersão do público. Além disso, é necessário que sua marca transmita segurança e confiabilidade para que a audiência adquira seu produto ou serviço.

  • Sua apresentação deve ser padronizada e adaptável aos diversos formatos e tipos de conteúdo que você pretende utilizar. Desta forma, imagens, vídeos e gráficos poderão ser utilizados sem imprevistos.
  • O formato e o conteúdo do seu webinar ao vivo devem ser claros e alinhados à sua estratégia de marketing. Não se esqueça de que seu objetivo é a geração de leads. Utilize boas imagens e textos estratégicos para manter a atenção do seu público e atingir seus objetivos.
  • A realização de um webinar ao vivo tende a atrair muitos inscritos, mas a interatividade é vital para o sucesso deste. A apresentação pode incluir um momento para estímulo a perguntas que provoquem uma reação da audiência. Por isso é tão importante conhecer o assunto a ser tratado para responder de forma assertiva e correta, respeitando o ritmo de um webinar ao vivo.
  • Opte por um provedor de internet e garanta outras condições técnicas necessárias para oferecer um bom webinar ao vivo. Teste o equipamento a ser utilizado e garanta que não haja interrupções na condução e na interatividade com a audiência. O áudio precisa ser de qualidade e é desejável que janelas de alerta e pop-up não surjam no meio da apresentação. Estes testes também podem te ajudar a antecipar possíveis problemas e a tomar medidas preventivas para contorná-los. 

 

É possível utilizar humor em um webinar ao vivo?

Sim! De forma geral, o humor é uma ferramenta essencial para tornar seu webinar ao vivo ainda mais atrativo. Sua audiência poderá aproveitar momentos empolgantes e o conteúdo pode se tornar mais interessante. No entanto, é preciso estar atento e evitar palavrões, por exemplo. Da mesma forma, o sarcasmo e a ironia podem não ser interpretados de forma correta, causando um efeito contrário ao esperado. Assuntos como política e religião, de forma geral, tendem a ser evitados a fim de impedir confrontos e mal-estares desnecessários.

 

Agora você já sabe como se preparar para um webinar ao vivo. Não perca tempo! Utilize esta ferramenta na sua estratégia de marketing para estreitar o relacionamento da sua marca com sua audiência e alcançar novos públicos de interesse.

Saiba como utilizar os webinars para vender mais

Você já sabe que os webinars são uma ferramenta que possibilita o engajamento do seu público de forma interativa e eficaz. Também já demonstramos como eles podem ajudar na geração de leads.
Por se tratarem de um formato de conteúdo inovador e versátil, os webinars têm sido cada vez mais empregados nas estratégias de marketing digital. Agora vamos mostrar como, com a estratégia certa, o webinar pode aumentar as vendas.

 

Como utilizar os webinars para vender mais?

De modo geral, é preciso criar vínculo com seu público, falar o certo do modo correto na hora ideal e, claro, para o público ideal. De modo geral, esses são alguns detalhes essenciais no desenvolvimento de webinars para vender mais. Para defini-los, é indicado seguir alguns passos:

a) Segmentação do público:

É recomendado que seu público tenha interesse no seu produto ou serviço a fim de evitar que você perca tempo e dinheiro. Facebook Ads e Google Adwords são instrumentos que podem te ajudar a segmentar bem o público do seu webinar. Eles dão informações como idade, localização e até mesmo interesses, dados que fazem toda a diferença.

b) Planejamento da divulgação:

Para divulgar seu webinar, ferramentas como redes sociais, landing pages e e-mails podem ser eficazes. Eles podem conter informações sobre o assunto do seu webinar e detalhes como a forma de inscrição e a data do evento.
A escolha das fontes, do layout e dos CTAs precisa ter como objetivo provocar no seu público a necessidade de participar do seu webinar. Não abra mão da persuasão e capriche no copy.

c) Escolha do formato ideal para o seu webinar:

Existem diversos formatos de webinar e cada um deles pode ser utilizado em momentos diferentes da sua estratégia. Escolher o que mais se aplica ao seu objetivo é um dos segredos para utilizar os webinars para vender mais.

As opções incluem: apresentação de produtos, entrevistas, perguntas e respostas, painel, summit ou aulas online. Opte pelo formato que torne seu conteúdo interessante para o seu público e esteja alinhado à sua estratégia de marketing.

d) Criação de expectativa:

Após a divulgação do seu webinar, continue mantendo o interesse do seu público através da criação de expectativa. Mais uma vez, o blog, as redes sociais e os e-mails podem ter um papel essencial nessa estratégia. Dê pequenas pistas do que será tratado e busque o engajamento da sua audiência para tornar este evento único e imperdível.

e) Promova ofertas e ofereça bônus exclusivos:

A promoção de ofertas também são uma forma de atrair seu público até o dia do evento. O uso de gatilhos mentais como exclusividade, novidade e urgência ajuda neste processo. Você também pode criar um bônus que seja exclusivo e limitado, mas as regras deste compromisso devem ser claras e ele deve ser cumprido.

 

No mundo online, manter-se à vista pode ser uma ótima estratégia, ainda mais ao utilizar webinars para vender mais. As orientações acima fazem diferença e, quando seguidos à risca, aumentam suas chances de sucesso. Quer saber mais? Entre em contato com a equipe da Eventials!

Confira cinco dicas para criar um calendário editorial de vídeos

Quem trabalha com produção de conteúdos digitais sabe a importância do calendário editorial. A organização e o planejamento de vídeos estabilizam a rotina e são essenciais às estratégias de marketing. 

Para te ajudar a criar um calendário editorial de vídeos, selecionamos cinco dicas incríveis. Os conselhos vão desde a pesquisa até a escolha das ferramentas digitais ideais.

 

1. Faça um levantamento de datas que podem ser importantes para seu público

Ao conhecer sua persona, você entenderá melhor seus interesses e suas necessidades. Seu calendário editorial de vídeos pode considerar feriados e datas relevantes como Natal, Carnaval e Dia das Mães. Você também pode incluir, se achar válido, eventos como Dia do Professor, do Nutricionista ou da Secretária. Essa pesquisa será muito útil na definição dos conteúdos que serão criados.

 

2. Dê vazão às suas ideias e tome nota delas

Para isso, use e abuse dos brainstorms. Essa técnica costuma ser realizada em equipe e estimula, como o nome indica, uma “tempestade de ideias”. Você verá que muitas ideias poderão ser aproveitadas em seus vídeos enquanto outras poderão ser estudadas mais a fundo.

As datas que selecionou anteriormente devem ser consideradas e você pode tentar fugir do óbvio a fim de surpreender sua audiência. Deve haver uma ligação entre sua marca, a data comemorativa e o seu produto ou serviço. Seu produto se adequa a qual aspecto da sua persona? Ele se aplica a alguma data selecionada? Se sim, invista nessa combinação!

 

3. Preste atenção aos problemas e às necessidades da sua persona

Mais uma vez, conhecer detalhes da persona faz toda a diferença. O calendário editorial de vídeos precisa refletir as preferências da persona e ser pensado para as redes sociais mais utilizadas por ela. Esteja atento à linguagem preferida pelo seu público alvo e capriche na produção do conteúdo.

Este passo é essencial para concentrar seus esforços na pessoa certa. A comunicação deve ser feita da maneira correta, no tempo ideal e utilizando o canal capaz de trazer mais resultados.

 

4. Capriche no briefing e nos roteiros

O briefing é um auxiliar na definição dos roteiros. Ele pode conter a ideia inicial que será desenvolvida a seguir. Os últimos, por sua vez, tendem a ser objetivos e claros, contendo todas as informações necessárias para composição do vídeo. Anote ideias de texto e de imagem que possam ajudar na criação deste. 

Ele também pode conter detalhes para ajudar na pré-produção: sugestão de objetos, equipamentos necessários e cenários. Já a pós-produção engloba etapas relacionadas à edição, à adequação ou escolha da trilha sonora e de efeitos visuais e sonoros.


5. Analise e escolha as ferramentas digitais que atendem às suas necessidades

O lançamento e a divulgação dos vídeos também requerem a definição de estratégias. O calendário editorial de vídeos é uma ferramenta versátil que permite a visualização das suas ações futuras, auxiliando na escolha dessas estratégias. Assim, você poderá analisar em que momento você precisa voltar seus esforços para determinada etapa da produção.

Da mesma forma, a venda de infoprodutos precisa de uma plataforma adequada que permita o gerenciamento dos produtos. Não descarte investir em plataformas como Instagram, Facebook e Google Ads.

 

A Eventials é uma plataforma feita sob medida para empresas que pensam no futuro. Nossas ferramentas oferecem recursos diferenciados que podem ajudar você e a sua empresa. Não perca tempo, aproveite seu calendário editorial de vídeos e fale conosco!

7 Modos de Tornar seus Webinars Mais Interativos

Os métodos de interação virtuais são cada vez mais populares e disseminados. São ferramentas essenciais não só para trabalhos, mas para a comunicação cotidiana com uma infinidade de propósitos e pessoas.

Um webinar (web-based seminar, ou “seminário baseado na web”) é uma conferência/videoconferência online, geralmente com propósitos educativos, geralmente com interações do público via chat online.

Há programas voltados para realizar webinars e também plataformas da web voltadas para este propósito. Eles já fazem parte deste universo de comunicação digital e, neste artigo, você vai conferir sete dicas interessantíssimas para torná-los mais interativos.

Então, vamos conferir dicas interessantes para aumentar o dinamismo e a atratividade do seu webinar.

 

  1. Faça uma pergunta (ou várias)

O risco mais sério para a qualidade de interação do seu webinar é deixar seu público de lado, ignorar a participação de quem acompanha sua transmissão. Se as pessoas que assistem seu conteúdo não entenderem o que você está transmitindo, elas podem perder rapidamente o interesse naquilo que você está exibindo.

Isto pode fazer com que seu público saia da sua webinar, causando uma baixa taxa de aderência e fidelização. Então, um dos melhores meios de manter o interesse do seu público é fazer perguntas que servem como elos para manter o interesse das pessoas e fixar, reforçar os conteúdos que você passa.

Você pode fazer perguntas específicas sobre o conteúdo apresentado ou simplesmente perguntar se as pessoas estão entendendo o que você está dizendo e, claro, se elas têm perguntas e dúvidas sobre o tema. Tenha sempre em mente que você depende do seu público e eles são a parte principal da sua transmissão.

Deixe canais de comunicação para que as pessoas possam te contatar mesmo depois da sua transmissão.


  1. Teste seu público e o desafie

Você pode fazer com que seu público tenha uma postura menos passiva fazendo alguns testes. Você pode fazer testes e desafios para seus espectadores como, por exemplo, oferecer vantagens para quem apresentar respostas corretas – isto vai fazer com que seus espectadores prestem mais atenção no conteúdo que você está transmitindo.

Se você passa conteúdos didáticos, esta também é uma ótima forma para que as pessoas que te acompanham possam fixar melhor os conteúdos na memória e, assim, aprender de forma mais dinâmica e interativa.

Os desafios podem ser extensões do webinar também: testes online, quizzes e formulários interativos acessíveis antes, durante e depois das suas transmissões. Isto ajuda a fidelizar seu público não só em relação às suas transmissões, mas a todos os conteúdos que você produz, como um todo.

 

  1. Comece uma discussão, promova um debate

Você também pode iniciar uma discussão com seu público, fomentando uma troca de informações e ideias relativas aos temas que você aborda e, além disto, convidar outros participantes para colaborar com sua transmissão – chamar outros professores e professoras, profissionais, especialistas do tema e pessoas interessantes para, com você, falar sobre os campos e os temas abordados no seu webinar.

Estes debates interativos também são muito importantes para que o público tenha vários pontos de vista e várias interpretações sobre um mesmo tema, tornando a transmissão menos engessada e “homogênea”.

Esta dica também oferece a vantagem de despertar o interesse dos públicos que seguem os convidados que participam do seu webinar, e vice-versa, promovendo um fluxo saudável entre os públicos, tirando-os de suas “bolhas”.

 

  1. Faça uma crítica

Esta é outra sugestão muito interessante para aumentar a interatividade com as pessoas que seguem seus webinars. O público gosta de críticas e, independente do conteúdo que você divulga e os temas que você aborda, fazer críticas é um modo interessante de dar um “tempero” a mais aos seus eventos online.

Faça análises e críticas construtivas sobre livros, vídeos, filmes, músicas, materiais diversos, diferentes pensadores, diferentes correntes e, claro, sobre seus próprios conteúdos.

Mostrar posicionamentos críticos sobre as coisas e os assuntos que você aborda pode causar mais interatividade do que simplesmente repetir conceitos.

 

  1. Desafie seu público

Outro modo muitíssimo interessante de aumentar a interatividade e o interesse do seu público é fazer desafios. Faça com que seus seguidores completem formulários, desafios e testes antes, durante e depois dos seus webinars.

Faça com que as pessoas que te seguem se aprofundem mais nos conteúdos e temas que você transmite, faça com que elas saiam do senso comum e da zona de conforto e se aprofundem cada vez mais nos estudos – estes desafios são uma forma excelente de provocar este processo.

Você também pode oferecer recompensas para estes desafios, como descontos para os produtos e conteúdos que você oferece, participação em eventos fechados, etc.

 

  1. Faça pesquisas

Pesquisas são meios relativamente simples de aumentar a interatividade com seu público. Durante suas webinars, promova pesquisas para incrementar a interação com as pessoas que te seguem.

Além disto, pesquisas são formas interessantes de entender melhor seu público alvo: o que são, o que pensam, como enxergam seu trabalho, quais suas críticas, sugestões e as expectativas deles. Mas, atenção: tente não fazer perguntas óbvias demais ou com opções de resposta muito restritas; quanto mais abrangente a pesquisa, melhor.

 

  1. Faça com que a interatividade aumente o valor dos seus webinars

Quando as pessoas que te seguem percebem que seu conteúdo é interativo e que a opinião delas tem valor, seu conteúdo será compartilhado com mais pessoas, porque uma boa experiência motiva as pessoas a compartilhar com outras.

Então, por exemplo, se você produz bons conteúdos preparatórios para vestibular, as pessoas que te acompanham vão recomendar seus materiais para outras pessoas que também querem e precisam disto. 

 

Dicas importantes de segurança digital

Agora que você conferiu dicas interessantes para melhorar sua interatividade com o público, vale ressaltar que é importante tomar medidas para incrementar sua segurança digital e, claro, a segurança dos seus webinars e a integridade das pessoas que se conectam à sua transmissão.

Ter um bom antivírus, um firewall sempre ativo, sistemas e programas sempre atualizados são alguns procedimentos básicos. Além disto, uma boa VPN grátis também ajuda a melhorar sua segurança e a privacidade das suas atividades online, oferecendo criptografia para seus dados e ajudando a bloquear malwares de vários tipos, melhorando a segurança do envio e recebimento de e-mails para seu público, por exemplo.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do site PR Consultancy.

Vídeos e redes sociais são os maiores contribuintes tecnológicos da quarentena.

Enfrentamos desde março de 2020 uma pandemia até então sem precedentes cujo a única coisa parecida tenha sido a gripe espanhola, mas estamos em tempos diferentes, com anos de diferença a frente de tudo o que não tinha no passado.

Uma pandemia que tomou conta do mundo de maneira assustadora gerou várias mudanças em nossas atividades diárias, tais como na forma com que lidamos com tudo isso. 

Qual o motivo que fez o aumento ser tão grande e significativo?

Desde o começo do advento da internet no Brasil, o brasileiro agarrou com as duas mãos o mundo da internet e se recusa a deixá-lo ignorado. 

Somos a geração que brincava com o Paint, isso mesmo, aquela ferramenta de edição que o computador já a manda instalada, e não podemos esquecer de como tomamos conta do Orkut (tempos áureos) em que ultrapassamos os Estados Unidos da América e nos tornamos a maioria em seu uso. Isso já é alarmante para o que ocorre agora.

Após os primeiros 5 anos de 2010, obtivemos acesso a sites e ferramentas de internet até então desconhecidas para todos nós. 

Em plena pandemia, nossa maior fonte de informações e distração vem sendo as redes sociais. Facebook, Twitter, Instagram e Youtube são apenas um dos poucos que vamos citar aqui. 

Em todos esses canais é possível saber e compartilhar informações, conversar com amigos, assistir vídeos e se distrair enquanto toda essa barbaridade pandêmica não acaba.

Mas qual deles tem o maior uso e como são usados?

O Facebook ainda detém a maior parte das pessoas quando se trata de troca de informações e conversação. Os mais jovens e antenados por informação simultânea, recorre ao Twitter. 

O site do passarinho azul na logo é uma distração maravilhosa para aqueles que buscam tirar a cabeça da pandemia um pouco. Munidos de máscaras de proteção na rua, quando temos a oportunidade de estarmos na internet, o Twitter, assim como o Instagram, é nossa escolha certeira.

Adicionamos a isso todas as informações importantes e necessárias para evitarmos o contágio, mas a liberdade e diversão vem com os famosos “memes” que são produzidos na rede social. 

Os memes

Com conteúdo servindo apenas para ser engraçado e fazer rir, as páginas do Twitter estão infestadas de memes que são copiados e compartilhados por todos, em todas as situações. 

Mesmo quando se trata de uma situação preocupante, conseguimos nos distrair com os memes produzidos nas redes sociais.

O WhatsApp, ferramenta já utilizada anteriormente também desenvolve um grande impacto quanto ao número de uso de redes sociais na quarentena.

 Como devemos ficar em casa se possível e muitas pessoas trabalhando através de “home office”, o WhatsApp serve para a troca de informações, contatos em vídeos e para matar um pouco a saudade.

O Instagram parece ter ganho um maior uso quanto tudo isso. As pessoas compartilham sua rotina através do aplicativo e dos stories, e acredite, nunca vimos tantas máscaras em nossas vidas. 

O pessoal realmente capricha e tenta passar por esse momento difícil utilizando do humor e da habilidade de criar coisas novas e interessantes.

Várias startups que já existiam, foram reconhecidas em meio a quarentena como, Zoom, Facebook, Fendel, Instagram, YouTube, WhatsApp, Meme Generator o novo Orkut, ItiMalia, CombuData  o próprio Tik Tok, entre outros. 

 

Vídeos na quarentena

A parte mais engraçada e popular, no entanto, são os vídeos. Quando se trata de redes sociais utilizadas na quarentena, tanto o Youtube quanto o novo e já famoso Tik Tok são os campeões de audiência.

O Youtube ainda permite que se acesse seus vídeos e produza conteúdo. Ótimo para filmes, ver o dia a dia de produtores de conteúdo e serve para relaxar a mente.

O Tik Tok é a grande estrela da quarentena e seu uso é meramente humorístico nos ajudando a rir um pouco em meio a tudo isso. 

Com vídeos curtos de no máximo 15 segundos, os brasileiros estão sendo o público alvo e também o produtor primário. Lá se encontra de tudo, e se a necessidade é rir um pouco e se distrair durante a quarentena, essa é a escolha certa.

Como podemos ver, as redes sociais e vídeos na quarentena estão sendo de uma maneira geral um bem necessário. 

Enquanto isso passa e esperamos pela vacina, nosso melhor antídoto momentâneo é se manter em casa, nos proteger, usar a máscara, lavar as mãos, e abusar dos vídeos e redes sociais durante o período de quarentena.

 

Esse texto foi originalmente escrito por Marcos Viana é um escritor de Brasília e ex-aluno de Medicina pela UNB em 2010. Fez Contabilidade e mercado financeiro na UDF em 2017 e desde então é apaixonado pela escrita e Marketing Digital.

Saiba como promover seus webinars

Os webinars são ferramentas que podem ser aplicadas nas diferentes etapas do funil de vendas. Para isso, é preciso adequar seu formato e finalidade seja para atrair leads ou para reter clientes. A partir deste ponto, é preciso pensar em temas, abordagens e linguagens que sejam relevantes para a sua audiência, afinal, eles precisam ter interesse no conteúdo. Mas, além de garantir um conteúdo interessante, é preciso pensar na divulgação do seu webinar, garantindo, desse modo, o alcance ideal.

 

O que é preciso considerar antes de promover seus webinars?

É recomendada uma série de passos para montagem de um webinar: temática relevante, abordagem adequada, criação e divulgação do link de inscrição. Este último passo é essencial para o sucesso do seu webinar, sendo indicado escolher ferramentas específicas que assegurem áudio e vídeo de qualidade. O suporte também deve incluir funções que permitam interações entre os participantes e os palestrantes.

Antes de promover seus webinars, observe as ferramentas de transmissão de webinars. Uma delas deve atender as necessidades do seu projeto, por isso é importante ter em mente os objetivos do webinar, e as métricas necessárias para análise posterior. Com essas informações, busque aquelas ferramentas que oferecem os recursos adequados para o sucesso do seu projeto. 

 

Conheça algumas ferramentas úteis para promover seus webinars

Existem muitas ferramentas disponíveis no mercado que trazem bons resultados, tanto pagas quanto grátis.

O Youtube é uma das opções gratuitas. Ele também oferece o Hangouts On Air e possibilita a participação de até 10 palestrantes, além de participantes ilimitados. É possível promover um evento de até oito horas de duração e a gravação da transmissão se torna disponível ao fim desta. As desvantagens incluem a ausência de um sistema de chat, o que reduz a interação a comentários isolados na plataforma. Por oferecer um acesso aberto, também não é possível segmentar a audiência.

Outra opção gratuita é o Google Hangout, que oferece o Hangouts Air e o Hangouts on Video. Assim, a ferramenta permite a transmissão, a gravação e o compartilhamento de webinars em outras plataformas. As desvantagens ficam por conta da dificuldade de segmentação de acesso e do envio de convites e lembretes. O chat também pode reduzir as opções de interação com a audiência. Esta ferramenta também é mais indicada para videoconferências.

Dentre as opções pagas para promover seus webinars, é possível escolher aquelas que oferecem mais funções, contribuindo, assim, para seminários interativos e dinâmicos. Elas também costumam permitir a segmentação do público e fornecer dados necessários para a análise de resultados. Desse modo, fica mais fácil prever os próximos passos do funil de vendas.

 

Entenda os benefícios de escolher a Eventials para promover seus webinars

A Eventials é uma plataforma de webinars que oferece:

  • Aulas que permitem quantas turmas e alunos forem necessários;
  • Entrada ao vivo em segundos, não sendo necessária a instalação de softwares para realizar os seus treinamentos. Como resultado, você e sua empresa ganham tempo e agilidade;
  • Gravação e armazenamento de todas as suas aulas, que podem ser disponibilizadas no seu canal para turmas futuras;
  • Acesso por qualquer dispositivo, já que é uma plataforma 100% responsiva e seus alunos poderão participar e interagir através de seus smartphones, tablets ou computadores.

Entre em contato conosco e conheça a Eventials! Você e sua empresa poderão promover seus webinars e aproveitar estas e outras possibilidades!

Por que você deve começar a usar o vídeo em sua estratégia de marketing

À medida que a Internet continua evoluindo, você precisa ajustar suas estratégias de marketing para acomodar as maneiras mais novas e inventivas de atrair a atenção de potenciais clientes on-line.

Existem algumas estratégias de marketing que mantêm sua força (pelo menos por enquanto) e elas devem continuar fazendo parte da sua campanha de marketing. Essas estratégias incluem táticas comprovadas como SEO, PPC, email marketing e marketing de mídia social.

No entanto, o vídeo marketing está em ascensão e continua a crescer em popularidade a cada ano que passa. Felizmente, você pode integrá-lo perfeitamente à sua estratégia de marketing existente.

Lá em 2016, 61% das empresas já diziam que estavam usando o vídeo marketing como tática de vendas – no entanto, 66% desse grupo não estavam usando o vídeo marketing apenas um ano antes.

Com esse tipo de crescimento, fica claro que há algo no vídeo marketing que causou um impacto grande o suficiente nos profissionais de marketing – mas o que é isso?

Nesta página, falaremos sobre algumas das muitas razões pelas quais sua empresa deve adotar o vídeo marketing como parte de sua estratégia.

Primeiro de tudo, o que implica o vídeo marketing?

Antes de entender completamente por que você precisa de uma campanha de vídeo marketing, é importante saber o que queremos dizer com o termo “vídeo marketing”.

O vídeo marketing se refere à filmagem, edição e compartilhamento de vídeos para atrair e promover seus negócios para seu público-alvo.

Ele anda de mãos dadas com táticas como SEO, pois pode ajudar a aumentar o tempo que os usuários passam em suas páginas e, ao mesmo tempo, tornar suas páginas mais benéficas para os usuários. Com isso em mente, os vídeos também podem aumentar sua classificação nos resultados dos mecanismos de pesquisa.

Também é muito mais provável que os consumidores cliquem em um anúncio PPC em vídeo do que em um banner comum, e colocar um vídeo em seu boletim informativo mensal por e-mail pode ajudar a atrair os usuários a clicar em seu site.

Você também pode incorporar o vídeo marketing em suas campanhas sociais e por email compartilhando links para os seus vídeos mais recentes.

Que tipo de conteúdo você deve cobrir em seus vídeos?

Você pode estar se perguntando que tipo de vídeo pode criar e, embora as possibilidades sejam praticamente ilimitadas, se você ainda não iniciou o vídeo marketing, existem alguns tópicos que parecem funcionar melhor do que outros.

 

  1. Depoimentos de clientes

Os vídeos de depoimento de clientes são uma ótima maneira de anunciar sua empresa. De fato, 89% dos profissionais de marketing B2B consideram os depoimentos de clientes uma das táticas mais eficazes de marketing de conteúdo.

Antes de um cliente interessado comprar ou concordar com seu produto ou serviço, ele gosta de ouvir de outras pessoas que seu trabalho é de alta qualidade, eficaz e econômico – e é exatamente isso que os depoimentos de clientes podem oferecer.

 

  1. Como o seu produto é fabricado

Você também pode usar vídeos para mostrar aos clientes em potencial como o seu produto é fabricado. Isso funciona especialmente bem para empresas que criaram um produto único ou que possuem um processo único para fabricar seu produto.

Por exemplo, pode parecer impossível fabricar camisetas com plástico reciclado, mas se sua empresa o fizer, seria extremamente interessante para os clientes ver exatamente como você o faz. Isso os faz sentir mais conectados à sua marca e os ajuda a entender exatamente de onde vêm seus produtos.

 

  1. Faça um tour e apresente seus funcionários

Você também pode criar vídeos que fazem um tour por suas instalações e apresentar sua equipe.

Embora esse tipo de vídeo não seja adequado para todo tipo de empresa, ele funciona muito bem se você tiver uma instalação exclusiva ou um modelo de negócios que envolva a parceria de clientes com gerentes de contas ou outros funcionários.

Esses dois itens podem ser um grande patrimônio, pois proporcionam aos clientes em potencial uma ideia melhor do que esperar se fizerem parceria com seus negócios.

 

  1. Instruções

Se você criou um produto que segue alguma orientação, mostrar aos usuários como o seu produto funciona é sempre uma boa ideia.

Por exemplo, se você criou um produto que pode descascar e fatiar uma maçã ao mesmo tempo, mostrar aos usuários como ele funciona provará que seu produto é eficaz e mostrará exatamente aos clientes como ele funciona.

Você também pode compartilhar vídeos de instruções sobre como limpar o produto ou qualquer outro processo em que um vídeo possa ajudar o usuário a entender melhor como o produto funciona.

 

Por que sua empresa deve começar a usar o vídeo em sua estratégia de marketing?

Os vídeos são uma ótima maneira de “mostrar e não contar” ao seu público-alvo sobre seus produtos e serviços. Eles permitem que você converse diretamente com clientes interessados ​​e os ajude na jornada de compra – que é um dos motivos pelos quais funciona tão bem quanto uma tática de marketing.

Você também não precisa aceitar minha palavra – existem muitas estatísticas que mostram o quão eficaz o vídeo pode ser como parte de uma campanha de marketing:

  • Ao adicionar um vídeo a um e-mail, você pode aumentar sua taxa de cliques em 200 a 300%.
  • Quando os usuários assistem a um vídeo, 64% têm mais chances de comprar um produto.
  • 90% dos usuários dizem que os vídeos do produto são úteis no processo de decisão.
  • 59% dos executivos preferem assistir a um vídeo do que ler texto.
  • Ao adicionar um vídeo à sua página de destino, você pode aumentar as taxas de conversão em até 80%.
  • A publicidade em vídeo representa 35% da publicidade on-line.
  • Apenas 20% ou os usuários lerão uma página de conteúdo por inteiro, mas 80% assistirão a um vídeo.

Ainda não está convencido? Comece hoje esta estratégia e mensure os resultados em sua ações.

 

O que você precisa para iniciar uma campanha de marketing em vídeo?

Pode parecer muito trabalhoso criar vídeos para o seu site – mas, na verdade, pode ser simples e extremamente gratificante para os seus negócios.

Você pode criar vídeos de marca com um iPhone ou qualquer outro smartphone de alta qualidade. Você pode usar um tripé para garantir uma captura estável e qualquer um desses programas de edição de vídeo de qualidade que existem para fazer com que seus vídeos pareçam e soem profissionais.

 

Qual a sua experiência com vídeo marketing?

Se você já adotou o vídeo marketing em sua campanha, que tipo de vídeo você publica? Eles são bem sucedidos? Você percebe que determinados vídeos funcionam melhor para setores específicos?

Gostaríamos muito de saber sua experiência!

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do site Webtrends, agência de marketing digital.

Atendimento online dos profissionais da área da saúde

A procura por atendimento na saúde cresceu neste período de pandemia, assim sendo o setor mais movimentado durante esses últimos meses.

Para os profissionais da área, alguns recursos tecnológicos têm ajudado a atender as demandas de forma automatizada, um exemplo são os profissionais da saúde e grandes empresas estão utilizando o webinar para se comunicar.

Em consequência desse cenário, o Ministério da Saúde aprovou a prática de teleconsultas por profissionais da saúde de todas as áreas, principalmente os médicos.

O atendimento online já era prática autorizada pelo Conselho Federal de Psicologia, e com o novo coronavírus, o órgão também autorizou todos os psicólogos a oferecerem este tipo de atendimento aos seus pacientes.

Esta é mais uma oportunidade para levar a promoção e prevenção de saúde a longa distância, inclusive, ajuda a evitar os interrompimentos de tratamentos dos pacientes que estão em isolamento social. 

Se você é profissional da saúde, e não conhece esse tipo de serviço. Então, vem conhecer como o atendimento online pode trazer benefícios para o seu negócio.

 

Como promover o atendimento online para profissionais de saúde

A primeira dúvida do profissional que deseja oferecer este tipo de serviço, é como promover, e fazer da maneira correta apresentada pela legislação.

A Lei de nº 696/2020 e o artigo da 1ª Resolução revogada pelo Conselho de Medicina Federal de nº 2.227/208, apresentam que o exercício por meio de utilização das tecnologias interativas de comunicação audiovisual e de dados, está autorizada conforme suas práticas éticas, nos seguintes casos:

  • Suporte assistencial e monitoramento de diagnóstico;
  • Promover educação acerca de promoção de saúde e pesquisa de casos;
  • Auxiliar na prevenção de doenças;
  • Realizar triagens de pacientes;
  • Acompanhar pacientes lesionados e pós operatório.

Diante disso, as teleconsultas podem ser realizadas em diferentes âmbitos, no SUS, na saúde suplementar e no atendimento privado.

Para os profissionais liberais, de clínica ou hospitais privados, criar site profissional para divulgação do serviço promove credibilidade, onde o paciente se sentirá mais confiante.

Nesta mesma plataforma você pode oferecer conteúdo relevantes em seu blog, apresentar os serviços de atuação profissional e ajudar na marcação automatizada de consultas.

 

Como realizar a consulta a distância

Primeiramente é recomendável que o paciente tenha um documento assinado junto ao seu prontuário, acordando com tipo de método de atendimento.

Com isso, o mais indicado é que o profissional tenha um software específico para fazer a consulta a distância assegurando o paciente com integridade e criptografando as informações.

Os atestados podem ser enviados normalmente, mas já os resultados de exames, esses devem ser pelo e-mail com senha de acesso ou WhatsApp informado pelo paciente.

O atendimento online é considerado um ato médico, por isso deve manter todos as obrigações quanto a prontuários e documentos dos pacientes, além de guardá-los por 20 anos de forma sigilosa.

 

Quais os benefícios das teleconsultas na área da saúde

Uma das vantagens deste método de atendimento na saúde é que o profissional não estará limitado em seu território, alcançando pacientes em outros estados ou países.

Além disso, também ajudará no atendimento de grandes demandas, unificando informações para a equipe multidisciplinar.

As teleconsultas por sua vez, são todas remuneradas, cabendo ao médico o valor para seus serviços. 

Sendo o atendimento online dos profissionais de saúde é protegido por Lei, cabe o médico cumprir com suas obrigações, além de oferecer um serviço humanizado, mesmo com a utilização de um método a distância.

“Este é um post escrito pela nossa convidada Paula Padilha, da área de Conteúdos Otimizados – Marketing Digital da agência Obligue, agência de marketing digital, focada em trazer resultados online.”

Guest Post | Eventials & Obligue

Por que devo gravar meu vídeo em um estúdio profissional?

Seja para alavancar suas vendas ou se comunicar com seu público, os vídeos são uma ferramenta ideal. Os webinars permitem a comunicação por vídeo e garantem o entendimento de toda a mensagem, inclusive a corporal. Sendo assim, o webinar possibilita sua comunicação direta com seus clientes ou colaboradores. 

Já começou ou quer começar a produzir vídeos para melhorar a comunicação da sua empresa? Conheça as vantagens de utilizar um estúdio profissional para captar estes conteúdos.

 

Qual é a importância de gravar vídeos corporativos profissionais?

Este é um dos formatos de conteúdo mais consumidos atualmente. Sendo assim, se destacar entre as opções disponíveis pode te ajudar a alcançar mais usuários. Como resultado, haverá mais engajamento, fortalecimento da marca e criação de vínculo com seus possíveis clientes. Gravar seus vídeos em um estúdio com captação profissional, portanto, é um diferencial que lhe trará mais credibilidade diante do seu público.

 

Quais são as vantagens de gravar vídeos em um estúdio profissional?

Qualidade de som e vídeo garantida

Gravar seus vídeos em um estúdio profissional garante, como resultado, áudio e imagem com excelente qualidade. Estes estúdios costumam contar com equipamentos e softwares necessários para edição, além de equipe capaz de realizar esta tarefa. Quanto melhor o resultado, melhor o impacto causado sobre seu público.

 

Aumento da produtividade

Ter a estrutura e a equipe ideais para captação profissional reduz o tempo de produção do seu conteúdo. Profissionais e ferramentas específicas para captação e edição tornam o serviço mais rápido, reduzindo custos de tempo e dinheiro.

A experiência da equipe também poderá prever alterações e sugerir intervenções sem a necessidade de regravar o mesmo conteúdo. A definição prévia da melhor iluminação, do formato ideal e do tempo de duração são a chave para a otimização.

 

Equipamentos disponíveis

Ao contratar um estúdio para captação profissional, você também irá contar com materiais de apoio como microfones, ferramentas de iluminação, tripés e cabeamentos. Isto soluciona problemas e economiza tempo, já que não será preciso sair em busca destes itens para promover a gravação. Da mesma forma, não haverá preocupação com perda, roubo, danos aos seus equipamentos ou transporte dos mesmos.

 

Muitas opções para gravação de vídeos distintos

O chroma-key profissional possibilita o uso de diversos temas, facilitando a produção audiovisual. Do fundo verde tradicional até o infinito, esta é uma ferramenta que permite a transmissão da mensagem proposta e necessária à sua empresa. 

 

Além de dispor de uma estrutura física de qualidade, conte com uma equipe técnica especializada. Vale a pena contratar um estúdio profissional para gravar seus vídeos, mas é preciso conhecer o gosto do seu público para acertar em cheio.

Agora que você já sabe porque deve gravar seu vídeo em um estúdio profissional, conte conosco. A Eventials possui um estúdio com todos os equipamentos necessários para a realização do seu webinar.

Quer saber mais? Entre em contato e fale conosco. Estamos na Av. Brigadeiro Faria Lima- SP, prontos para transformar a sua transmissão em uma experiência inesquecível.