Dicas

Saiba como divulgar um webinar

Você sabe o que é um webinar? Este é uma espécie de seminário realizado pela internet e permite um alcance ilimitado. Em outras palavras, um webinar é um tipo de vídeo ou webconferência realizado através de plataformas online. Ele pode ter diversos fins, como educacionais ou comerciais.

Conforme o assunto abordado, o webinar pode ser aplicado às ações de marketing de conteúdo ou de marketing de vendas. O conteúdo deve ser relevante e útil, favorecendo o posicionamento da sua empresa e desenvolvendo sua autoridade. Para outros casos, é possível investir na promoção e na divulgação da sua empresa ou seus serviços.

Como divulgar um webinar?

O primeiro passo é conhecer seu público e entender suas necessidades. A partir disso, é possível saber como desenvolver a divulgação do seu webinar. As opções incluem divulgar através das redes sociais, dos leads ou outras formas de divulgação. Considerar as opções e escolher a mais adequada ajuda a aumentar as chances de sucesso.

Em seguida, é importante definir seu objetivo, como gerar mais leads ou chamar a atenção daqueles que você já possui. Lembrando que estes são contatos que têm interesse no seu produto ou serviço, cada objetivo requer um tratamento diferente.

Se seu objetivo é conseguir mais leads:

O interesse do seu provável cliente é afirmado pelo preenchimento de formulários online que requerem dados como nome e contato. As redes sociais são uma ótima ferramenta para segmentar seu público e despertar os interesses de cada um. Isso é possível porque podemos obter diversas informações com base em páginas curtidas e itens compartilhados.

No entanto, antes de divulgar seu webinar, é preciso descobrir onde o seu público está. Ele pode estar em redes como Facebook e Instagram ou LinkedIn e Youtube. Mesmo que você nunca tenha trabalhado com uma rede ou outra, é importante não se fechar para as oportunidades. Assim, você ganha tempo, economiza dinheiro e esforço, além de alcançar seu público.

[eBook] Confira este Guia para Gerar Leads com Webinar

Se seu objetivo é reter a atenção daqueles que já são seus leads:

Neste caso você pode aproveitar os meios de comunicação já utilizados pela sua empresa. Se você usa e-mail, Facebook (e seus grupos de discussão), WhatsApp, Telegram ou Instagram, invista neles. Seus leads podem ser motivados a convidar outros ou a compartilhar seu conteúdo com seus amigos.

Qual é o próximo passo?

Tenha em mente quais problemas podem ser resolvidos pelo seu webinar, assim é possível entender como ele ajudará sua audiência. Você poderá tratar de uma dor ou educar seu público sobre seu produto. Para isso, considere:

  • o que torna esse conteúdo relevante para a audiência;
  • quais problemas podem ser solucionados com seu webinar;
  • qual a importância do webinar e de seu conteúdo para o público.

Após esta definição, pense nas peças de divulgação do webinar nas redes sociais. Essas peças devem ser atrativas, servindo como uma vitrine para o seu webinar, buscando atingir uma audiência qualificada. Agora que você já sabe como divulgar um webinar, o ideal é aproveitar o poder que ele possui. Assim, é possível alcançar seu objetivo através de um contato mais próximo com seus leads.

Descubra como acabar com o bloqueio criativo

Às vezes precisamos nos concentrar na criação de ideias, textos ou roteiros, como os de webinars. O bloqueio criativo, ou falta de foco, atrapalha este processo e pode nos tirar a tranquilidade, facilitando a procrastinação. A necessidade de ser um profissional multitarefas pode prejudicar a produtividade, causando ansiedade e estresse.

O que é bloqueio criativo?

O bloqueio criativo consiste na dificuldade de se manter inspirado ou ter novas ideias. Qualquer profissional pode ter um bloqueio criativo, mas aqueles que trabalham com criação, como músicos e escritores, são os maiores afetados.
É importante ressaltar que não há uma limitação física para a criatividade, ou seja, não podemos acabar com seu estoque.

O que pode provocar o bloqueio criativo?

Estudos indicam que depressão, ansiedade, tristeza, excesso de autocrítica e falta de autoconfiança podem causar o bloqueio criativo. Isso acontece porque os problemas psicológicos prejudicam a motivação e o prazer durante o processo criativo. Outras causas comuns são perfeccionismo e medo de comparações ou de rejeição. A pressão por um ótimo desempenho, dificuldade de escolha e, muitas vezes, o tédio provocado pela rotina são outros fatores.

Como acabar com o bloqueio criativo na hora de escrever?

Para ajudar a acabar com o bloqueio criativo e evitar a procrastinação, separamos algumas dicas para deixar fluir sua imaginação e sua criatividade.

Brainstorm:

Já ouviu falar em brainstorm? Esta é uma técnica que permite que um pensamento mais livre seja eficaz contra o bloqueio criativo. Em tradução livre, brainstorm significa tempestade de ideias e incentiva que nossas ideias sejam expostas sem julgamento. Externá-las sem qualquer pretensão ajuda a libertar a mente e abrir espaços para novos conceitos.
O processo costuma ser realizado em grupo, proporcionando a troca de opiniões, a solução de problemas e a criação de escolhas. Apesar disso, o brainstorm pode ser realizado sozinho desde que você permita que seus pensamentos venham à tona. Você pode utilizar este método para criar títulos, pautas, infográficos, artigos e roteiros de webinar.

Mapas mentais:

Mapa mental ou mapeamento da mente ajuda a organizar o processo de criação, facilitando a execução de ações e ideias. Para isso, conte com elementos visuais e utilize cores diferentes para montar a estrutura do seu trabalho, seja texto ou imagem. Definir os assuntos com tópicos e subtópicos também pode ajudar a expandir suas ideias.

Faça uma pausa:

Esta é uma dica importante. Faça pausas, alongue seu corpo e beba água. Os intervalos podem ser valorosos para sua criatividade.
As pausas também podem ser mais longas, como passeios e até viagens. Além de combater o esgotamento, também pode originar diversas novas ideias.

Leia:

A leitura intensifica as conexões cerebrais e também pode originar novas ideias. Você pode escolher seu autor favorito ou investir em um desconhecido. O importante é estimular sua imaginação e buscar inspiração.

Assista ou escute algo que te distraia ou motive:

O entretenimento é uma peça valiosa para recuperar o ânimo e a criatividade. Você tem algum filme ou série preferido? Quer escutar sua banda favorita? Eles podem ser seus aliados para acabar com o bloqueio criativo. Videogames também podem ajudar a despertar sua capacidade de criação!

Como trabalhar a interação com o público durante o webinar

Como trabalhar a interação com o público durante o webinar

Você sabe o que é um webinar e como utilizá-lo para interagir de maneira mais eficiente com o seu público?

Com o avanço das tecnologias e de um trabalho voltado para o público por meio da internet, a interação online se tornou uma realidade. Hoje, é possível promover um evento virtual e ter contato com os espectadores em tempo real.

Um exemplo disso é o de um profissional de imobiliárias que pode utilizar esse formato para mostrar o seu portfólio de móveis alto padrão, e responder perguntas dos seus potenciais consumidores durante a exibição.

Com o webinar, as pessoas se conectam mais facilmente e podem interagir de maneira ativa, tanto para passar conteúdos quanto para realizar comentários.

Para entender melhor o que é um webinar e como você pode investir nessa estratégia para trabalhar um contato mais próximo com o seu público, siga a leitura deste artigo.

O que é um webinar e qual é a importância da interação?

Muito provavelmente você já assistiu a algum conteúdo online, onde um apresentador levava dados de grande importância para as pessoas que estavam assistindo. O webinar é isso: um seminário online.

Com um vídeo sendo transmitido ao vivo, por meio de um dispositivo devidamente conectado à internet, é possível assistir a uma aula ou palestra diretamente da sua casa, acompanhando e interagindo de maneira ativa durante a exibição.

Se um técnico em projeto elétrico industrial decide promover um webinar para os clientes da sua empresa, ele deverá seguir algumas etapas, tais como:

  • Definir uma data e horário;
  • Escolher uma plataforma de webinar;
  • Enviar um e-mail para convidar os seus clientes;
  • Pedir a confirmação e inscrição deles;
  • Conectar-se no dia da apresentação e interagir com o público.

É importante que haja uma apresentação inicial, que explicará ao público como funciona o formato de webinar.

Isso quer dizer que o palestrante vai desenvolver o tema e, conforme surgirem dúvidas, elas poderão ser enviadas em tempo real.

Esse formato é considerado um dos mais próximos de uma apresentação presencial, onde as pessoas interagem ao levantar a mão para expor a sua dúvida.

Desse modo, o público pode não apenas participar mais ativamente, mas também aprender e absorver de modo integral um conteúdo mais complexo, tal como fazer um plano de gerenciamento de resíduos eficaz para o seu negócio.

A importância da interação

Se você possui uma empresa, já deve conhecer os benefícios de um contato mais próximo com o seu público.

Esse é o ponto de partida para que ele comece a adquirir admiração pelo negócio e assim, torne-se um cliente fiel.

Com o advento da internet e das instituições que utilizam as plataformas sociais para se promover, o webinar trouxe essa mesma proximidade para uma relação que, normalmente, seria considerada “distante”.

Qualquer estabelecimento que deseja crescer, deve investir na sua presença virtual e, com o webinar, isso se mostra uma estratégia cada vez mais eficiente.

Afinal, quando há a interação, você não só alcança novos negócios como também fideliza os seus clientes.

Dada a importância da interação, abordaremos a seguir as melhores maneiras de desenvolvê-la.

Como interagir de modo assertivo com o seu público

Em um webinar, você possui diferentes formas de interação com o público. Algumas delas podem ser ao vivo e outras após a exibição.

Normalmente, as plataformas de webinar oferecem ferramentas que possibilitam estreitar os laços durante a apresentação.

Em uma palestra sobre automação de máquinas, por exemplo, você pode disponibilizar o chat ao vivo, momento em que as pessoas podem interagir de modo efetivo, entre elas e com você.

Há também a enquete, em que você publica uma pergunta, juntamente com as alternativas, para que o seu público possa responder.

A interação pós-apresentação pode acontecer de outras maneiras. Uma delas pode ser responder às perguntas que os espectadores tenham enviado durante a sua palestra.

Você deve se preocupar em dar resposta para todas, de modo que o público saia satisfeito da aula.

Outra maneira é enviando uma pesquisa de satisfação para os seus clientes, pedindo um feedback geral do webinar e sugestões de temas para os próximos encontros online.

Você também deve aproveitar o momento do webinar para coletar o e-mail ou telefone dos espectadores.

Isso pode ser essencial para um contato posterior, onde você pode comunicar novos eventos e começar a investir em um contato mais próximo com o seu público.

Desse modo, o webinar vai ser uma das ferramentas mais interessantes para o seu negócio, em que você oferece um conteúdo de qualidade para os seus clientes e trabalha uma interação mais próxima e eficiente para fidelizá-los.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Evento presencial e evento online: esta união pode beneficiar sua empresa

Participar de eventos como palestras e treinamentos traz muitos benefícios. Estar em um ambiente de aprendizado e estudo renova energias e faz com que as pessoas acreditem no seu potencial.

Webinars, lives, webconferências, seminários e transmissões realizados pela internet, têm se tornado cada vez mais populares. O usuário consegue ter acesso a ela por diversas plataformas, inclusive sites próprios. Por isso, é cada vez mais comum vermos empresas realizando palestras, anúncios, entrevistas e treinamentos tanto presenciais quanto online. Você também pode utilizar estes eventos para apresentar um novo serviço, promoção ou investimento.

Mas você conhece as diferenças e as semelhanças entre eventos online e presenciais? Confira dicas sobre o assunto e saiba, no texto abaixo, como ambos se complementam.

 

GUIA PARA REALIZAR TREINAMENTOS CORPORATIVOS ONLINE

O que diferencia um evento online de um evento presencial?

Cada tipo de evento traz oportunidades e desafios que devem ser encarados pelos organizadores como consequência do desenvolvimento da tecnologia. Além disso, esta consequência também resulta da forma com a qual os participantes lidam com os eventos, sejam online ou presenciais. Por isso é cada vez mais importante que a sua empresa realize tanto eventos presenciais quanto online. Ao contrário do que muitos acreditam, o online não atrapalha as vendas do presencial, pelo contrário: atrai mais público e melhora a experiência do usuário.

 

Como funciona a organização de um evento presencial?

Eventos presenciais, de modo geral, requerem mais gastos e investimentos, essenciais para garantir a infraestrutura necessária para atender ao público com excelência. Para que todos sejam bem recebidos e acomodados, é necessário aluguel de espaço, decoração, coffee break e material de apoio. Além disso, há também a equipe de recepção, segurança e limpeza. Em alguns casos, é preciso estar pronto para o atraso de palestrantes e participantes diante do caos crescente no trânsito das cidades.

 

Como funciona a organização de um evento online?

Para realizar eventos online, no entanto, este tipo de preparo não é necessário. Este modelo de realização de eventos também traz maior audiência, maior lucro e redução de custo, entre outros benefícios. Além disso, atrai mais visibilidade, gera maior alcance e aumenta o número de leads e oportunidades.

É importante assegurar a seriedade do evento através de serviços de streaming profissionais, com vídeo e áudio de qualidade. Esta medida pode garantir o sucesso do seu evento.

 

Como aliar eventos online e presenciais?

Agora você já sabe que nada pode substituir a conexão humana, possibilitada pelos eventos presenciais. Sendo assim, é preciso tornar cada experiência única.

É preciso avaliar a necessidade da conexão pessoal, como é o caso de feiras comerciais, conferências e alguns eventos corporativos. Alguns detalhes inerentes a estes eventos não podem ser simulados online. 

No entanto, é possível utilizar a tecnologia para melhorar e aumentar a experiência do participante do evento presencial. Cada vez mais, eventos inteligentes e movidos pela inovação irão unir os benefícios de ambos os modelos, contribuindo para o crescimento das empresas. Com isso, a união de eventos online e presenciais irá contribuir para o retorno do investimento.

 

Torne-se um produtor e faça transmissões ao vivo
Crie seu canal e teste gratuitamente por 10 dias

 

Inspire-se nesses 5 TED Talks para montar seu webinar

Você sabe o que são TED Talks? Se você já viu ou recebeu vídeos de compartilhamento de conhecimento, já esbarrou com essa técnica de palestras. TED é uma organização sem fins lucrativos com objetivo de disseminar ideias e treinamento sobre os mais variados temas. São abordados como marketing, educação, política, ciência, negócios e economia.

O conteúdo destas palestras pode trazer inspiração e novos ânimos, ajudando você a desenvolver seu webinar. Ouça com atenção e tome nota dos pontos que considera importantes. Com certeza o conteúdo será relevante não apenas para a capacitação pessoal, mas também para o progresso profissional. Confira abaixo algumas dicas para você se inspirar, todas possuem áudio em inglês e legenda disponível em português. 

Baixe agora: Guia para Gerar Leads com Webinars

1 – Amy Cuddy:Sua linguagem corporal molda quem você é

Esta é uma das conferências mais assistidas no universo dos TED Talks, somando mais de 51 milhões de visualizações. Realizada pela psicóloga social e professora da Harvard Business Scholl, Amy Cuddy, trata da linguagem corporal e suas consequências. Para Amy Cuddy, este tipo de linguagem é parte decisiva da comunicação nas trocas interpessoais. 

Observe como a estudiosa fala sobre como as interações são influenciadas por uma simples posição de braços e pernas. Também é falado sobre como a postura do corpo do palestrante entusiasma ou desanima a audiência durante um discurso ou apresentação. O vídeo possui cerca de 20 minutos.

 

2 – Julian Treasure:Como falar de forma que as pessoas queiram ouvir?

Julian Treasure é presidente de uma empresa que aconselha negócios globais a usarem o som corretamente. O consultor de comunicação empresarial afirma que o aspecto visual é tão importante quanto o visual. Nesta palestra, de menos de 10 minutos, Julian Treasure fala sobre o poder da retórica.

O especialista mostra diversas maneiras de se expressar melhor em público e propõe a realização de exercícios vocais. Ele também aborda meios de se conectar com o outro através da empatia.

 

3 – Kevin Allocca:Por que vídeos se tornam virais

Kevin Allocca é expert em YouTube e, nesse conteúdo de sete minutos, apresenta quatro razões que fazem um vídeo viralizar na internet.

Esta é uma conferência leve e bem humorada que mostra que pode não ser tão simples criar um conteúdo viral. Isto é ainda mais difícil quando se tem em mente a quantidade vídeos colocados no YouTube diariamente, mas não é impossível.

 

4 – Sal Khan:Let’s use video to reinvent education

Salman Khan explica o que o levou a criar a Khan Academy, que oferece vídeos educacionais sobre matemática e, recentemente, outras disciplinas. O educador e empresário acredita no poder dos exercícios interativos e propõe uma alteração no modelo tradicional da sala de aula.

Segundo Salman Khan, vídeo-aulas poderiam ser assistidas em casa, sendo as lições realizadas em sala de aula. Deste modo, os alunos poderiam tirar dúvidas com o professor. O vídeo possui cerca de 20 minutos.

 

5 – Chris Anderson:TED’s secret to great public speaking

O jornalista e curador da Conferência TED acredita que não exista uma fórmula padrão para manter uma conversa. No entanto, existe um ponto comum aos melhores palestrantes. Neste vídeo de quase oito minutos, Chris Anderson demonstra quatro maneiras de desenvolver este ponto.

Teste grátis nosso plano Professional >

Formatos de webinar: escolha o certo para o seu

Os webinars são ótimas ferramentas para gerar leads e vendas qualificados para sua empresa. Além disso, o webinar também pode ajudar a comunicação da sua empresa e na venda de conteúdo ou cursos online.

Os seminários online oferecem outros benefícios, como chamar mais atenção para o seu produto e aumentar o tráfego dos seus canais digitais.  Ele também estimula o engajamento com o público e desenvolve a autoridade digital da sua marca

Você sabia que existem vários formatos de webinar? Cada um deles pode ser utilizado em momentos diferentes da sua estratégia, confira abaixo:

Apresentação de produtos:

Durante este tipo de webinar, o apresentador pode explicar no que consiste seu produto ou serviço e quais são seus benefícios. O tempo também pode ser utilizado para explicar seu funcionamento e manuseio.

Assim, a audiência poderá entender melhor do que se trata o produto e decidir pela aquisição do mesmo. O importante é conceder todas as informações necessárias para efetivar a venda. Descontos e materiais ricos gratuitos, como e-books e infográficos, também podem ser oferecidos como bônus pela participação. 

Clique aqui: Técnicas para apresentações presenciais e online

Entrevistas:

Para este webinário, é recomendado contar com um especialista da sua área de atuação. Em uma conversa leve, pode ser realizada uma entrevista que aborde assuntos relevantes e interessantes para o público.

Geralmente, as entrevistas tratam de temas específicos que permitam a interação com o público e despertem seu interesse. O objetivo deste formato é gerar mais visibilidade para a sua marca e melhorar o engajamento da sua audiência.

Perguntas e Respostas:

A diferença deste modelo para o de entrevistas é a objetividade. Para isso, podem ser utilizadas dúvidas frequentes dos seus clientes enviadas por e-mail ou, para uma maior interação, durante a transmissão.

Este formato também favorece a interação e o engajamento com o público e requer um pouco mais de desenvoltura do apresentador. As perguntas devem ser respondidas de forma leve, rápida e clara. Isso faz com que o público tenha suas dúvidas sanadas e obtenha mais informações sobre seu produto ou serviço.

Painel:

Um webinar no formato de painel conta com a participação de dois ou mais especialistas. Estes devem entender sobre o modelo de negócio da sua empresa, já que todo o foco da apresentação estará neles.

Pode haver ou não um apresentador, e o critério das perguntas fica a cargo dos realizadores do webinário. Como o formato “Perguntas e Respostas”, as perguntas podem ser enviadas previamente ou durante a realização da apresentação.

Summit

O Summit é um formato mais sofisticado e, por isso, requer mais cuidados. Ele consiste na transmissão ao vivo de uma reunião, seja de cúpula, ou de experts sobre um tema específico. Seu objetivo é gerar autoridade e atrair leads qualificados. Podem ser necessários espaços mais amplos para organização e mais câmeras, além de equipamentos de filmagem mais sofisticados.

Aulas online

Este tipo de webinar pode ser gratuito ou pago. Seus benefícios incluem um número ilimitado de alunos e gravação de aulas que poderão ser disponibilizadas no canal da sua empresa. Seus alunos poderão acessar os vídeos por qualquer dispositivo.

Agora que você sabe um pouco mais sobre os formatos de webinar disponíveis, escolha o mais adequado para seu objetivo. Explore todas as possibilidades e aproveite os benefícios que os webinários oferecem.

Teste Grátis: Plano Starter

 

Gerando conteúdo em vídeo: confira dicas valiosas

Produzir conteúdo online em vídeo é uma ótima opção para compor uma estratégia de marketing, gerando boas taxas de ROI. O marketing B2B se caracteriza pelo conteúdo direcionado para executivos e influenciadores e é um dos que mais tira vantagem desta ação. Isso acontece porque, atualmente, a audiência de vídeos online é inegável para o marketing digital, seja pessoal ou para empresas e serviços.

Os vídeos são ferramentas que ajudam a aumentar as vendas e a conversão, além de desenvolver autoridade digital. Como consequência, faz com que o público confie na sua opinião, gerando ainda mais engajamento. Para obter os melhores resultados, é preciso investir em planejamento e técnicas para utilizar os vídeos corretamente. Confira abaixo algumas dicas valiosas para gerar conteúdo em vídeo:

 

1 – Alinhe as necessidades da empresa às do público

Durante o planejamento, avalie os temas mais interessantes dentro da sua área de atuação. Estes temas devem ter grande repercussão diante do seu público, de forma a ir ao encontro do que as pessoas buscam. Sendo assim, durante o vídeo, solucione possíveis problemas que podem ser enfrentados pela sua persona, aproximando-se dela. O intuito é fazer com que sua marca seja relacionada à solução destas questões, sendo considerada a melhor opção.

 

2 – Seja claro e criativo

Passe sua mensagem com um linguajar simples, de modo que seu público o compreenda por completo. Respeite as experiências de cada um, bem como o ritmo do seu público, evitando termos rebuscados ou técnicos que sejam desnecessários. Além disso, use a criatividade para impactar positivamente seus espectadores, tornando seu vídeo diferente dos demais. As chances do seu material viralizar são enormes, o que aumenta ainda mais o engajamento com a marca. 

Guia de treinamentos Corporativos

3 – Mantenha uma frequência de postagens

É importante manter-se presente, à vista do seu público. Para isso, poste seus conteúdos periodicamente. Sua marca será mais reconhecida a cada nova publicação, criando uma relação de confiança entre ela e seus espectadores. 

 

4 – Publique nas plataformas principais

No caso de vídeos, o conteúdo pode ser publicado em diferentes mídias sociais, como YouTube, Facebook e IGTV. Se ainda não tiver, crie uma fanpage no Facebook e um perfil no Instagram. A partir da publicação, utilize outros canais da empresa para divulgar o vídeo, como blogposts e postagens no feed do Instagram. 

 

5 – Use diversos formatos

Os webinars, ou seminários virtuais, despertam a atenção e permitem a interação do público com o palestrante. Aliados a materiais como e-books, blogposts e postagens nas redes sociais, possibilitam uma infinidade de conteúdos, gerando novos leads e engajamento.

Você pode convidar especialistas para falar sobre características do seu produto ou serviço, gerando conscientização. Nesses casos, como uma estratégia para o topo do funil, os vídeos devem ser curtos, facilitando o consumo e o compartilhamento. 

Tutoriais sobre o uso dos seus produtos permitem um maior contato entre estes e seus possíveis consumidores. Aproveite estes vídeos para demonstrar recursos e funções abrangidas pelo que você está oferecendo. 

 

Agora você já sabe que os vídeos podem aumentar as conversões e despertar a confiança do seu público para com sua marca. Garanta que seu conteúdo seja completo, com início, meio e fim e cumpra o objetivo inicial. Também é importante que sua audiência saiba qual o próximo passo após assistir aos seus vídeos.

Teste grátis nosso Plano Starter

Saiba como promover os seus webinars nas redes sociais

Webinars são uma das melhores estratégias de atração do marketing digital atual. Mas, além de gerar leads, eles também são facilitadores internos, beneficiando a comunicação da sua empresa. Conteúdos e vídeos online permitem vender produtos, anunciar lançamentos e realizar reuniões ou comunicados em tempo real. Mas como divulgar meus webinars corretamente? 

Esta resposta é simples. Você sabia que as ferramentas de mídias sociais são um dos melhores canais para isto? Independente do assunto, para essa estratégia obter sucesso, é preciso pensar no essencial, como palestrantes, formato, conteúdo e, principalmente, público.

Seus espectadores devem ser devidamente informados sobre seu webinar e convidados a assistir a ele. É preciso despertar o interesse do seu público, atraindo-o para o tema a ser abordado. Ao longo deste texto você confere algumas dicas imperdíveis para promover seus vídeos!

 

Por que devo utilizar as redes sociais para divulgar meu webinar?

É imprescindível considerar o poder das redes sociais, seja qual for o segmento da sua empresa. É através delas que acontece a maioria dos contatos entre você ou seu produto e seu cliente. Apesar disso, a divulgação não deve ser realizada de modo excessivo ou invasivo, atraindo seu público ao invés de afastá-lo.

 

Como devo montar minha estratégia de divulgação?

Antes de tudo, é preciso reconhecer em qual rede social está o seu público: Instagram, Facebook, Twitter ou outra? O planejamento deve ser realizado com antecedência a partir destas informações, pois é através deste canal que seu conteúdo será consumido. Os demais podem servir como reforço ou marcador de presença, economizando dinheiro, tempo e esforço.

A partir disto, segmente as estratégias necessárias conforme as redes sociais selecionadas e monte um calendário editorial para divulgação. Ele deverá conter informações sobre criação, postagem, monitoramento e respostas a interações referentes ao conteúdo disponibilizado. Isso inclui dúvidas, críticas e sugestões. Esteja preparado para todas as hipóteses.

A divulgação costuma acontecer três ou quatro semanas antes da realização do evento. Isto faz com que seu público se prepare e reserve a agenda para prestigiá-lo. Com a proximidade do webinar, reforce a comunicação e desperte a atenção da sua audiência.

[eBook Gratuito] Técnicas para Apresentações Presenciais e Online

O que devo abordar nas redes sociais?

Para falar sobre seu webinar, tenha em mente o tema do vídeo e quais problemas da sua persona ele irá solucionar. Avalie a relevância do conteúdo para seu público e explore como ele será útil para seu cliente através de designs atrativos e interessantes.

O engajamento orgânico pode ser complementado por uma campanha de Ads, capaz de atrair um público maior. Para isso, entre em contato com agências ou profissionais especializados nesta tarefa.

Você também pode disponibilizar teasers, ou pequenas amostras, que despertem o interesse do público sobre seu webinar. Divulgados em anúncios, outdoors, folders e blogposts, podem criar expectativas e convencer a persona de que ela precisa do seu conteúdo.

Sendo assim, a divulgação do seu webinar nas redes sociais aumenta o interesse pelo seu produto ou serviço e estimula o engajamento. Além disso, atrai novos visitantes e gera mais leads, aumentando as vendas.

Teste grátis o nosso Plano Basic

Como definir um título envolvente para o meu webinar?

O webinar é uma forma de atração e retenção de leads que pode alavancar seus negócios, desde que seja feito de forma adequada. Porém, é normal que na produção de webinars, você fique sem ideias na hora de definir um título que garanta um alto CTR.

Conversando com Caio Nogueira, co-fundador da UpSites, empresa de criação de sites e consultoria SEO, elaboramos algumas técnicas para quem quer saber como definir um título envolvente para o seu webinar.

Em primeiro lugar conheça bem o segmento de sua audiência para gerar conexão. Entenda o que seu espectador precisa, de que região ele é, seus hobbies, qual sua profissão etc. Assim você poderá responder à dúvida exata dele.

O segundo passo é definir em qual parte do funil de vendas seu webinar está.

Se ele for uma transmissão de topo de funil, por exemplo, em que os espectadores ainda estão descobrindo o problema deles, um título que fale imediatamente do seu produto/serviço (que eles ainda não conhecem) provavelmente não vai atrair a atenção de quem lê.

Algumas estratégias para definir o título do seu webinar

Agora veja algumas técnicas que são usadas em webinars de sucesso. Todas podem ser usadas unicamente ou em conjunto com outras, de acordo com a necessidade da sua audiência.

Método AIDA

Sendo uma das técnicas mais usadas, o acrônimo AIDA significa:

  • Atenção
  • Interesse
  • Desejo
  • Ação

Ela explica os passos que um indivíduo segue até tomar uma ação, ou seja, o AIDA pode ser usado na elaboração dos títulos para facilitar a jornada da ação.

O ciclo funciona da seguinte forma:

  1. Você precisa despertar a atenção da audiência. Para isso, use uma palavra ou termo que imediatamente o faria parar o que está fazendo para ler o título. Pense como sua audiência;
  2. Agora desperte o interesse. Uma forma de fazer isso é fazendo uma promessa, mostrando um benefício que o seu público gostaria de ter em troca de assistir ao webinar..
  3. Faça sua audiência desejar assistir ao webinar a qualquer custo. Uma dica é criar um senso de urgência mostrando que se ela não assistir naquele exato momento ela tem muito a perder.
  4. Agora que a pessoa está determinada a assistir ao webinar, dê a ela o ponto de ação. Deixar um “botão para a ação” acessível e objetivo é o ponto certo para não perder seu público por distração.

Faça perguntas

Na era com informações em todos os lugares, o nosso cérebro está cada vez mais ansioso por respostas diretas. Por isso, um gatilho mental é usar expressões como:

  • Por que…
  • Como fazer…
  • Quando usar…
  • O que fazer…

Entre outros termos de perguntas diretas.

Essas expressões dão a sensação de que ali haverá um guia objetivo e completo para o problema do seu público, o que vai aumentar seu CTR.

Seja específico

Seja o máximo específico possível para criar identificação com o espectador e mostrar que você irá responder exatamente o que ele precisa.

Compare os exemplos:

  • “Aprenda a aumentar em 150% as vendas no seu salão em apenas 7 dias”
  • “Aprenda como aumentar suas vendas”

A segunda frase é genérica e ao tentar abranger tudo, acaba não falando com ninguém.

O primeiro título não só dá mais credibilidade ao autor do webinar (mostra que ele entende os detalhes do assunto), como pode gerar um lead mais qualificado.   

Use enumerações

Para essa técnica, liste coisas que mostrem à sua audiência que ela pode aprender algo de diversas formas diferentes. Mas lembre-se de ser específico. Entre “9 formas de ganhar dinheiro durante a maternidade” ou “9 formas de ganhar dinheiro”, um público formado por mães provavelmente clicará no que causa mais identificação.

Essas foram algumas dicas, se você ainda tem alguma dúvida sobre como definir títulos envolventes para o seu webinar, então deixe seu comentário!

 

“Este é um post escrito por nosso convidado Caio Nogueira, co-fundador e da UpSites Digital, empresa especializada em criação de sites responsivos WordPress. Apaixonado por novas tecnologias e pelo desafio de criar soluções na internet que ajudem empresas e pessoas a aumentar as vendas, gerar leads e contar histórias”.

Guest Post | Eventials & Up Sites Digital

Confira cinco dicas para vender seus conteúdos e cursos em vídeo online

Você sabia que o faturamento do seu negócio na internet pode ser até cinco vezes maior do que é atualmente? Isso é possível através da disponibilização e venda de conteúdo em vídeos e videoaulas. O conteúdo de textos e ebooks pode ser adaptado para cursos em vídeo online. Assim, é possível atingir ainda mais audiência e aumentar o faturamento. Confira abaixo cinco dicas para vender seus conteúdos em vídeo online.

[eBook gratuito] Técnicas de apresentação presencial e online

1 – Seja um expert no assunto

Reconhecer sua área é um passo importante antes de iniciar a monetização do conteúdo que pode oferecer. Desenvolva sua autoridade na sua área de conhecimento e seja uma referência no assunto. Conforme você pesquisa e se aprofunda no assunto sobre o qual quer falar, mais fácil será a construção da sua autoridade. Dessa forma, seu público irá confiar nas suas opiniões, buscando-as como referência.

 

2 – Escolha a plataforma certa

Para definir qual a melhor plataforma para venda de conteúdo, considere aquela na qual tem mais facilidade e entendimento. Com o tempo, você pode utilizar diversas plataformas para monetizar seu conteúdo, mas, de início, escolha a que se sentir mais confortável. A partir desta escolha, estude a linguagem utilizada e coloque-a em prática.

 

3 – Planeje seu conteúdo

Para planejamento do seu negócio, coloque todas as suas ideias no papel, adicionando os detalhes do projeto, do início ao fim. Considere os objetivos e as metas a serem alcançados e a forma através da qual pretende atingi-los. Determine a frequência de postagens (se mensal, semanal ou diária) e qual assunto deseja abordar. Com isso, acompanhe seus concorrentes e observe como eles abordam os temas escolhidos. Aprimore as ideias e aproxime-se do seu público através de ótimos conteúdos.

 

4 – Invista no SEO

SEO, do inglês “Search Engine Optmization”, consiste na otimização para diferentes mecanismos de busca, como Google, Yahoo! e Bing. Através dele, é possível destacar o que é relevante em um site, mantendo um posicionamento orgânico ideal. Procure palavras-chave que estejam associadas ao seu conteúdo e que estejam em alta nas buscas. Isso também colabora para aumentar sua autoridade no assunto escolhido.

 

5 – Adote um sistema de pagamento online para seus cursos em vídeo online

Agora já está quase tudo pronto para vender conteúdos online. O próximo passo é ter um sistema que permita que as pessoas paguem por eles de forma prática e rápida. Isso garante que o cliente possa assistir aos vídeos o quanto antes. O melhor método para isso é um sistema de pagamento online, que deve ser seguro e estável.  Seus usuários devem sentir confiança ao fornecer dados pessoais para efetivar a compra. Também é importante definir valores para a compra ou assinatura dos seus conteúdos. 

 

Se você é consultor, coach, professor ou quer ganhar dinheiro com seu conhecimento, não perca tempo! Agora você já sabe como começar a vender seus conteúdos e cursos em vídeo online. Para alcançar seus objetivos, conte conosco: treinamos você na divulgação do seu produto.

TESTE GRÁTIS NOSSO PLANO BASIC