5 Estratégias Digitais para Escolas, Universidades e Faculdades

WA necessidade de se definir boas estratégias digitais pode afetar negócios e diferentes tipos de organizações, incluindo escolas e instituições de ensino superior.

Existem muitos obstáculos na criação de uma estratégia de marketing digital para uma organização educacional, começando pelo seu tamanho (universidades são universos por si só, afinal possuem muitos departamentos e grupos de diferentes interesses) e terminando com seus diferentes tipos de públicos-alvo que precisam ser atingidos.

Portanto, uma estratégia digital para instituições de ensino parece uma tarefa assustadora, principalmente quando falamos em faculdades e universidades.

Felizmente, neste post você irá conferir algumas dicas de estratégias que separamos para te ajudar! 

Continue a leitura e descubra quais são elas! 

 

Principais estratégias digitais que trazem resultados para instituições de ensino

Antes de conferir as dicas que separamos, você precisa entender porquê estratégias digitais são tão importantes para instituições de ensino. A primeira coisa que precisamos dizer é que provavelmente todos os seus atuais e futuros alunos estão ativos na internet.  

Eles são o seu público-alvo e para alcançá-los, você precisará ter uma estratégia de digital bem estruturada e eficaz. Afinal, os futuros alunos e seus pais estão procurando por informações sobre cursos, reputação de instituições e outros aspectos relevantes.

A má notícia é que existem muitos obstáculos quando se trata de estratégias digitais. Já a boa notícia é que, com o planejamento certo e uma pequena ajuda de ferramentas, você poderá ter excelentes resultados com marketing digital para escolas, faculdades e universidades.

Confira abaixo algumas que separamos! 

 

1- Definição de personas

Você não conseguirá definir nenhuma estratégia digital se primeiro não fizer a criação de personas. Como já falamos, você pode ter diferentes tipos de públicos-alvo.

Uma universidade pode querer atingir estudantes recém-formados no ensino médio, pais de alunos, pessoas mais velhas interessadas em fazer um curso de graduação, pessoas com ensino superior que querem fazer uma pós-graduação, etc.

Para atingir cada público-alvo você precisará criar um cliente ideal e analisar todas as informações, por exemplo, dados demográficos, mas também informações como hobbies e interesses. Quanto mais informações as suas personas tiverem, melhor você conseguirá entender seus potenciais clientes e assim definir o conteúdo e estratégias que irá destinar para cada um deles.

Sim, é uma tarefa demorada, mas as recompensas valem a pena!

 

2- Criação de site profissional

Pode parecer óbvio, mas a primeira coisa que um aluno provavelmente irá procurar na internet é o seu site. De fato, de acordo com uma pesquisa, 80% dos estudantes vinculados à faculdade concordam que os sites influenciam sua decisão mais do que qualquer outro recurso.

Portanto, é essencial criar um site amigável, informativo, otimizado para SEO, visualmente atraente e responsivo. O rastreamento de dados ajudará a entender como e onde os alunos se envolvem para que você possa refinar e otimizar o site com conteúdo e soluções que os visitantes desejam.

Além disso, a incorporação de personalização permitirá criar um perfil de um visitante com base no conteúdo com o qual ele se envolve. Esses perfis podem te ajudar a direcionar visitantes de maneira mais eficaz e assim aprimorar a experiência do usuário.

 

3- Aproximação através dos celulares

Em uma época em que os alunos são educados com tecnologia e o smartphone tem uma presença muito grande em suas vidas, é essencial tornar os celulares parte de uma estratégia digital.

Cada vez mais os estudantes usam dispositivos móveis durante a fase de descoberta na busca por educação, enquanto a maioria faz suas primeiras visitas aos sites em seus celulares.

Investir em mobile é muito importante para instituições de educação, pois as estatísticas mostram que somente em 2016, 43% de todo o tráfego mundial de sites foi gerado através de dispositivos móveis. Imagine agora, onde o uso de smartphones está cada vez mais em crescimento. 

Além de investir em um site responsivo, você também pode ter um aplicativo da sua instituição, que pode ajudar a criar uma experiência personalizada para futuros alunos.

 

4- Organização e criação de conteúdo relevante

Todos os dias, milhares de conteúdos são compartilhados online. Essa sobrecarga de conteúdo significa que as pessoas têm uma necessidade de ter informações na ponta dos dedos para ajudá-las a tomar decisões. Para reduzir o excesso, você precisará criar e selecionar conteúdo que realmente sejam interessantes para seu público-alvo.

Criar conteúdo relevante e informativo através de blogs, vídeos, mídias sociais, e-books, e-mails marketing, entre outros, não só te ajudará a estabelecer sua instituição como influenciadora, mas também irá direcionar tráfego para seu site. 

No momento atual, conteúdo em vídeo se tornou essencial para as pessoas que estão em casa em busca de conhecimento. Portanto, outra ótima opção para se oferecer conteúdo é o webinar. Esse formato funciona como uma conferência online com o intuito educacional, onde a comunicação é feita apenas por uma via, ou seja, somente pelo palestrante, enquanto as outras pessoas assistem. 

Produzir conteúdo nas páginas do seu site e em seu blog irá ajudar na classificação do seu site nos resultados de busca nos mecanismos de pesquisa. O resultado: mais pessoas irão ver seu conteúdo e sua marca.

Além disso, o compartilhamento de conteúdo de terceiros demonstrará liderança de pensamento e, com o tempo, ajudará a estabelecer você como uma fonte de conteúdo confiável.

O uso e compartilhamento de seus atuais alunos, como blogs ou vídeos de convidados, também poderá ajudar futuros alunos.

 

5- E-mail marketing para universidades

O email marketing não costuma ser associado a instituições de ensino. 

Mas, como em qualquer empresa, as escolas precisam de uma maneira eficaz de se comunicar com os alunos e funcionários, bem como de demonstrar os benefícios de seu estabelecimento aos futuros alunos. O email marketing fornece um meio de conectar todas essas pessoas de maneira extremamente eficiente.

O marketing por e-mail pode ser usado para informar os alunos sobre as datas e horários dos cursos, informar os funcionários sobre o fechamento ou as mudanças de classe ou para incentivar os futuros alunos a se inscreverem.

De fato, o email marketing é uma das maneiras mais eficientes e eficazes para as escolas se comunicarem com as partes interessadas, por alguns motivos:

    1. Segmentação: com ferramentas de e-mail marketing você consegue segmentar seu público e enviar e-mails apenas para determinadas pessoas.
    2. Personalização: com tags dinâmicas você consegue personalizar seus e-mails para conter dados do seu usuário durante a mensagem (como o nome, por exemplo)

 

  • Automatização: é possível criar cadências de e-mails automáticas que irão nutrir o lead por toda a jornada dele.

 

 

O futuro do marketing para instituições de ensino

As instituições de ensino precisam entender que as estratégias digitais já são muito importantes para se obter grandes resultados e isso terá cada vez mais um impacto maior. 

A influência do mercado digital afetará não apenas as ações online, mas também os cursos, os tópicos de pesquisa e a estratégia geral de todo uma instituição. Quanto mais sua marca for reconhecida como relevante e autoridade no mercado, mais preparada ela estará para as mudanças que virão e mais conquistará seu público-alvo. 

Depois de conferir nossas dicas, você está pronto para começar a investir em estratégias digitais ou, já realiza alguma delas, mas quer melhorá-las? 

Com dedicação, análise e organização você conseguirá atingir todos os resultados que deseja! 

Como definir um título envolvente para o meu webinar?

O webinar é uma forma de atração e retenção de leads que pode alavancar seus negócios, desde que seja feito de forma adequada. Porém, é normal que na produção de webinars, você fique sem ideias na hora de definir um título que garanta um alto CTR.

Conversando com Caio Nogueira, co-fundador da UpSites, empresa de criação de sites e consultoria SEO, elaboramos algumas técnicas para quem quer saber como definir um título envolvente para o seu webinar.

Em primeiro lugar conheça bem o segmento de sua audiência para gerar conexão. Entenda o que seu espectador precisa, de que região ele é, seus hobbies, qual sua profissão etc. Assim você poderá responder à dúvida exata dele.

O segundo passo é definir em qual parte do funil de vendas seu webinar está.

Se ele for uma transmissão de topo de funil, por exemplo, em que os espectadores ainda estão descobrindo o problema deles, um título que fale imediatamente do seu produto/serviço (que eles ainda não conhecem) provavelmente não vai atrair a atenção de quem lê.

Algumas estratégias para definir o título do seu webinar

Agora veja algumas técnicas que são usadas em webinars de sucesso. Todas podem ser usadas unicamente ou em conjunto com outras, de acordo com a necessidade da sua audiência.

Método AIDA

Sendo uma das técnicas mais usadas, o acrônimo AIDA significa:

  • Atenção
  • Interesse
  • Desejo
  • Ação

Ela explica os passos que um indivíduo segue até tomar uma ação, ou seja, o AIDA pode ser usado na elaboração dos títulos para facilitar a jornada da ação.

O ciclo funciona da seguinte forma:

  1. Você precisa despertar a atenção da audiência. Para isso, use uma palavra ou termo que imediatamente o faria parar o que está fazendo para ler o título. Pense como sua audiência;
  2. Agora desperte o interesse. Uma forma de fazer isso é fazendo uma promessa, mostrando um benefício que o seu público gostaria de ter em troca de assistir ao webinar..
  3. Faça sua audiência desejar assistir ao webinar a qualquer custo. Uma dica é criar um senso de urgência mostrando que se ela não assistir naquele exato momento ela tem muito a perder.
  4. Agora que a pessoa está determinada a assistir ao webinar, dê a ela o ponto de ação. Deixar um “botão para a ação” acessível e objetivo é o ponto certo para não perder seu público por distração.

Faça perguntas

Na era com informações em todos os lugares, o nosso cérebro está cada vez mais ansioso por respostas diretas. Por isso, um gatilho mental é usar expressões como:

  • Por que…
  • Como fazer…
  • Quando usar…
  • O que fazer…

Entre outros termos de perguntas diretas.

Essas expressões dão a sensação de que ali haverá um guia objetivo e completo para o problema do seu público, o que vai aumentar seu CTR.

Seja específico

Seja o máximo específico possível para criar identificação com o espectador e mostrar que você irá responder exatamente o que ele precisa.

Compare os exemplos:

  • “Aprenda a aumentar em 150% as vendas no seu salão em apenas 7 dias”
  • “Aprenda como aumentar suas vendas”

A segunda frase é genérica e ao tentar abranger tudo, acaba não falando com ninguém.

O primeiro título não só dá mais credibilidade ao autor do webinar (mostra que ele entende os detalhes do assunto), como pode gerar um lead mais qualificado.   

Use enumerações

Para essa técnica, liste coisas que mostrem à sua audiência que ela pode aprender algo de diversas formas diferentes. Mas lembre-se de ser específico. Entre “9 formas de ganhar dinheiro durante a maternidade” ou “9 formas de ganhar dinheiro”, um público formado por mães provavelmente clicará no que causa mais identificação.

Essas foram algumas dicas, se você ainda tem alguma dúvida sobre como definir títulos envolventes para o seu webinar, então deixe seu comentário!

4 dicas para identificar influenciadores para seus webinars

Você já deve ter percebido que os webinars nos dão o poder de influenciar outras pessoas e até mesmo o mercado que estamos inseridos. No entanto, alcançar o status de autoridade não é algo trivial, para tornar seus vídeos uma poderosa arma na mudança de comportamentos, você precisa se conectar com os grandes nomes da sua indústria para co-produzir, divulgar e endossar seus webinars.

Aqui estão 4 dicas que você pode usar para encontrar personalidades e impulsionar o sucesso de suas transmissões.

Faça webinars e atraia leads mais qualificados! Experimente a Eventials gratuitamente! – Clique Aqui

#1 Conheça as necessidades da sua audiência

Este é, com certeza, o passo mais importante. Você precisa conhecer detalhadamente as necessidades e anseios do seu público alvo. Verticalizar o mercado e definir as personas são essenciais nessa etapa. Se você falhar em identificar suas dores, como você vai encontrar alguém que seja relevante para eles?

Um bom começo é se fazer as perguntas abaixo:

  • O que o meu público já conhece sobre o produto?
  • Qual é o nível de experiência deles?
  • Quais problemas eles estão enfrentando?
  • Quais soluções eles esperam?

Continue lendo

Como usar Mapas Mentais para Produzir seus Webinars

Sabe quando nos pegamos desesperados ao ter que desenvolver um novo projeto, enfrentar um desafio ou resolver um problema sem ter a mínima ideia de como fazê-lo?
Então, e se eu te disser que existe uma forma de esquematizar suas ideias e organizar suas tarefas, um método que te ajudaria a automatizar o processo de planejamento e operação. Você acreditaria?
É exatamente essa a proposta de planejamento e organização que o conceito dos Mapas Mentais se propõe a resolver. Nós estamos utilizando esse modelo nas nossas atividades e tem ajudado bastante. Por isso resolvemos compartilhá-lo com você!

O que são Mapas Mentais

Mapas mentais, como bem diz o nome, são guias físicos ou virtuais que ajudam a nos localizar, a encontrar melhores caminhos e a memorizá-los de maneira mais eficiente.
Seja através de um webinar, aplicativos que ensinam novas línguas ou documentários. Através deles é possível estudar, organizar ideias, produzir textos e conteúdos com muito mais facilidade. Continue lendo

iMasters e E-commerce Brasil Anunciam Parceria com a Eventials Para Aumentar Engajamento

A Eventials fechou uma parceria com a E-Commerce Brasil para a realização de webinars. A plataforma permite a qualquer pessoa participar e organizar webinars, através de live vídeos, tornando o conteúdo mais acessível e intuitivo.
Entregar uma experiência de excelência para os participantes das transmissões, inovar e permitir que o iMasters e o E-Commerce Brasil utilizem tecnologia de ponta, através de uma ferramenta em constante evolução que fortaleça as marcas são alguns objetivos da parceria.
Continue lendo

Como construir uma boa reputação com a audiência de seus webinars

Empresas que optam por webinars em estratégias de marketing digital, assim como palestrantes que compartilham conhecimento por meio de vídeos, geralmente questionam se o modelo adotado é o melhor. A ansiedade pelos resultados é grande – e nós sabemos disso. Mas, o que muitos não compreendem é que o sucesso ou o fracasso desse tipo de conteúdo não depende de uma única apresentação. É preciso investir em mais transmissões para identificar se o método está surtindo o efeito esperado.
Continue lendo

Como criar webinar com um título que chame a atenção?

E aí você decidiu que está na hora de fazer um webinar e compartilhar seu conhecimento na web. Depois de tanto pesquisar, escolhe o tema, desenvolve o roteiro da apresentação e escolhe o lugar em que o vídeo será gravado. Até a roupa já foi pensada, assim como a data e o horário da palestra já foram definidos. Só tem um problema: você não tem ideia de como ela vai se chamar.
E agora?
Há quem goste de fazer primeiro o título e, a partir dele, desenvolver o texto/roteiro. Outros, preferem deixá-lo para o final; para pensar com calma. Mas é importante dar uma boa atenção para essa tarefa. Afinal, o nome do seu vídeo é o que irá chamar a atenção do seu público e, dependendo do escolhido… Seu trabalho pode ir por água abaixo e não é isso o que você quer.
Por sorte existem estratégias que podem lhe dar uma mãozinha e a AIDA é uma delas. A técnica já foi tema de postagem do Viver de Blog e é muito usada no marketing e na publicidade, podendo ser adaptada para títulos de textos e, claro, webinars. Ela conta com quatro elementos essenciais para captar a audiência: atenção, interesse, desejo e ação.
E aí você deve estar se perguntando: tudo bem, mas como usá-la para criar títulos? É bem simples! Primeiro pense no participante de seu vídeo e se coloque no lugar dele. Qual palavra ou termo chamaria sua atenção ao ponto de parar o que está fazendo e se inscrever? Pensou? Ela é a isca que levará o usuário a conferir seu conteúdo.
Agora, e se você também ganhasse um benefício ao assistir? Algo que possa aprender e colocar em prática dentro de sua profissão ou vida pessoal? Essa vantagem é o que aumentará o interesse sobre a sua palestra – e ela também deve estar no título.
Mas esse não é só mais um webinar sobre “x” assunto. Ele é urgente e se você não o assistir naquela data, pode perder muito com isso. Por quê? Porque você tem certeza de que aquela informação será muito importante para sua vida naquele exato momento. Porque o título do vídeo causou essa sensação e conseguiu captar seu desejo.
Você ficou muito interessado pela apresentação online. O título da palestra chamou sua atenção, lhe ofereceu um benefício, captou seu desejo e transmitiu urgência. Além disso, nas postagens das redes sociais ele veio acompanhado de “clique aqui para se inscrever”. O recurso ação foi usado e, como o esperado, lhe fez agir. Você clicou e se inscreveu. Bingo!
Viu como é fácil usar a AIDA? Não tem mistério algum. Ela traz resultados e pode ser combinada a outras técnicas. Para títulos ainda melhores, você pode utilizar outros recursos como listas e números, perguntas e respostas, provocações e palavrinhas mágicas: grátis, fácil, simples, completo, novo.
Agora que você já sabe como captar a audiência do seu público e já se inspirou para criar o título de seu vídeo, está na hora de colocar em prática. Crie seu canal na Eventials! Contamos com muitas facilidades para quem deseja se destacar no mundo dos webinars.
 
 
Qual é a importância do vídeo na estratégia do negócio?

Como impressionar alguém que você acabou de conhecer?

Sim, a primeira impressão é a que fica e estamos cansados de saber disso. Mas convenhamos, todo mundo fica nervoso e não sabe o que fazer quando conhece alguém pela primeira vez. E isso acontece quando enfrentamos uma entrevista de emprego, ao conhecermos novos clientes e, obviamente, quando encontramos alguém especial, que pode ser A PESSOA, em uma fila de banco, às 3h da tarde. Emudecemos. Suamos frio.

Droga! O que fazer? O que vou falar?

E se eu dissesse que existem alguns truques para impressionar alguém logo de cara? A Revista Galileu coletou algumas dicas para você se dar bem ao conhecer pessoas. Confira algumas delas:

Saia da defensiva!

Quando conhecemos alguém pela primeira vez nosso instinto acaba falando mais alto e ficamos na defensiva ou tomamos uma atitude. Nesses primeiros minutos fazemos algumas avaliações insconscientes da outra pessoa e elas variam conforme nos sentimos com a presença dela, se estamos seguros ou não. É importante estar consciente dos sinais que você está passando nesse primeiro momento. Não seja assustador ou assustado.

De olho na linguagem corporal:

O corpo também fala e é importante que você perceba os sinais que o outro está passando e respeite os limites dele. Se a pessoa se inclinar, incline-se também; mas lembre-se de que o espaço corporal varia de acordo com cada um.

Transmita positividade:

Já que você sabe que a primeira impressão é a que vai valer, transmita coisas boas para quem você conheceu. Sorria, mantenha contato visual e, ao contar algum fato sobre você, mostre bons sentimentos. Está nervoso? Projete calma! Assim você relaxa, seu coração desacelera e a outra pessoa percebe, confiando mais em você.

Seja curioso!

Mas tenha bom senso. Estabeleça uma conversa com a pessoa e faça perguntas, continuando a conversa. Nós, seres humanos gostamos de nos sentir importantes e em uma entrevista de emprego ou ao conhecer clientes, por exemplo, é muito melhor ter uma boa conversa.

Cartão de visitas:

O que você tem a oferecer para a pessoa que conheceu? Qual é o seu cartão de visitas? É importante já ter um “texto ensaiado” sobre tópicos importantes de sua vida. Locais em que já trabalhou, coisas que já fez, seus sonhos, viagens… E, claro, sobre o que você faz atualmente. Para ajudar nessa construção, você pode pensar da seguinte forma: o que faz de mim uma pessoa legal? Por que eu gostaria de me contratar/conhecer/ser meu amigo?

Faça valer a pena!

Cada contato seu é único e pode lhe acrescentar como pessoa. Trate quem você conheceu agora como uma pessoa que você conhece há muito tempo. Mesmo que o encontro não vire um namoro, a parceria não seja fechada ou você não seja contratado, não há como prever o futuro. Vai que você encontra essa pessoa e ela lhe ajude de alguma forma futuramente? Cuide de suas conexões sempre! =)

Qual é a audiência de um webinar?

Ao criar um webinar, especialmente nos primeiros, normalmente nos questionamos sobre qual será o número aproximado de pessoas que irão assisti-lo e quem serão elas. Apesar desta informação variar muito, decidimos pesquisar e coletar informações estatísticas para desmistificar esta dúvida tão comum. Assim, preparamos este post especialmente para você.

A Eventials surgiu em 2009 e desde então foram realizadas mais de 5.000 transmissões dentro da plataforma, destas existem diversos tipos de transmissão diferentes, como eventos, cursos, aulas, treinamentos e palestras. Filtramos especificamente os webinars, eventos públicos transmitidos diretamente pelo site da Eventials. Com este filtro definido extraímos o número de pessoas que assistiram as transmissões, que chegou a uma média de 133 pessoas por webinar realizado. Ou seja, webinars com características medianas atraem 133 pessoa, captando os nomes e e-mails de todos estes possíveis interessados, que podem ser aproveitados para futuras ações de marketing, como de lead nurturing e marketing de incentivo.

Mas nós não paramos por aí! Buscamos também o exato momento em que a audiência assiste o conteúdo, respondendo a seguinte pergunta: a audiência se concentra na transmissão ao vivo ou gravada? A Eventials trabalha com servidores diferentes para as transmissões ao vivo e gravadas, desta forma balanceando e garantindo a estabilidade da plataforma. Com isto foi possível extrair dados fiéis do consumo em ambas as frentes, que revelaram que 48% da audiência assiste transmissões ao vivo, enquanto 52% assistem o conteúdo gravado. Vale lembrar que os conteúdos gravados na Eventials ficam disponíveis on demand, podendo ser consumido quando as pessoas desejarem, assim esta informação nos revela a grande importância e atratividade das transmissões realizadas ao vivo.

E quem são estas pessoas? Além das informações estatísticas buscamos desmistificar o perfil destas pessoas. De acordo com dados de perfil do Google, de todos os acessos a Eventials 60% são homens e 40% mulheres, em sua maioria, 52% das pessoas estão na faixa etária entre os 25 e 34 anos, seguida por 17% das pessoas dos 18 aos 24 anos e 14% dos 35 aos 44 anos.

 Agora que você já conhece um pouco aonde está “pisando” não deixe de criar sua palestra na Eventials e trazer mais de 133 leads. Veja também que existem diversos outros fatores que podem influenciar na audiência de seu webinar, desde o aproveitamento certo dos recursos da Eventials até a realização de ações de marketing / divulgação assertivas. Então não deixe de conferir nosso próximo post que irá dar as melhores dicas para divulgar seus webinars.

Até breve!