Como definir um título envolvente para o meu webinar?

O webinar é uma forma de atração e retenção de leads que pode alavancar seus negócios, desde que seja feito de forma adequada. Porém, é normal que na produção de webinars, você fique sem ideias na hora de definir um título que garanta um alto CTR.

Conversando com Caio Nogueira, co-fundador da UpSites, empresa de criação de sites e consultoria SEO, elaboramos algumas técnicas para quem quer saber como definir um título envolvente para o seu webinar.

Em primeiro lugar conheça bem o segmento de sua audiência para gerar conexão. Entenda o que seu espectador precisa, de que região ele é, seus hobbies, qual sua profissão etc. Assim você poderá responder à dúvida exata dele.

O segundo passo é definir em qual parte do funil de vendas seu webinar está.

Se ele for uma transmissão de topo de funil, por exemplo, em que os espectadores ainda estão descobrindo o problema deles, um título que fale imediatamente do seu produto/serviço (que eles ainda não conhecem) provavelmente não vai atrair a atenção de quem lê.

Algumas estratégias para definir o título do seu webinar

Agora veja algumas técnicas que são usadas em webinars de sucesso. Todas podem ser usadas unicamente ou em conjunto com outras, de acordo com a necessidade da sua audiência.

Método AIDA

Sendo uma das técnicas mais usadas, o acrônimo AIDA significa:

  • Atenção
  • Interesse
  • Desejo
  • Ação

Ela explica os passos que um indivíduo segue até tomar uma ação, ou seja, o AIDA pode ser usado na elaboração dos títulos para facilitar a jornada da ação.

O ciclo funciona da seguinte forma:

  1. Você precisa despertar a atenção da audiência. Para isso, use uma palavra ou termo que imediatamente o faria parar o que está fazendo para ler o título. Pense como sua audiência;
  2. Agora desperte o interesse. Uma forma de fazer isso é fazendo uma promessa, mostrando um benefício que o seu público gostaria de ter em troca de assistir ao webinar..
  3. Faça sua audiência desejar assistir ao webinar a qualquer custo. Uma dica é criar um senso de urgência mostrando que se ela não assistir naquele exato momento ela tem muito a perder.
  4. Agora que a pessoa está determinada a assistir ao webinar, dê a ela o ponto de ação. Deixar um “botão para a ação” acessível e objetivo é o ponto certo para não perder seu público por distração.

Faça perguntas

Na era com informações em todos os lugares, o nosso cérebro está cada vez mais ansioso por respostas diretas. Por isso, um gatilho mental é usar expressões como:

  • Por que…
  • Como fazer…
  • Quando usar…
  • O que fazer…

Entre outros termos de perguntas diretas.

Essas expressões dão a sensação de que ali haverá um guia objetivo e completo para o problema do seu público, o que vai aumentar seu CTR.

Seja específico

Seja o máximo específico possível para criar identificação com o espectador e mostrar que você irá responder exatamente o que ele precisa.

Compare os exemplos:

  • “Aprenda a aumentar em 150% as vendas no seu salão em apenas 7 dias”
  • “Aprenda como aumentar suas vendas”

A segunda frase é genérica e ao tentar abranger tudo, acaba não falando com ninguém.

O primeiro título não só dá mais credibilidade ao autor do webinar (mostra que ele entende os detalhes do assunto), como pode gerar um lead mais qualificado.   

Use enumerações

Para essa técnica, liste coisas que mostrem à sua audiência que ela pode aprender algo de diversas formas diferentes. Mas lembre-se de ser específico. Entre “9 formas de ganhar dinheiro durante a maternidade” ou “9 formas de ganhar dinheiro”, um público formado por mães provavelmente clicará no que causa mais identificação.

Essas foram algumas dicas, se você ainda tem alguma dúvida sobre como definir títulos envolventes para o seu webinar, então deixe seu comentário!

Como construir uma boa reputação com a audiência de seus webinars

Empresas que optam por webinars em estratégias de marketing digital, assim como palestrantes que compartilham conhecimento por meio de vídeos, geralmente questionam se o modelo adotado é o melhor. A ansiedade pelos resultados é grande – e nós sabemos disso. Mas, o que muitos não compreendem é que o sucesso ou o fracasso desse tipo de conteúdo não depende de uma única apresentação. É preciso investir em mais transmissões para identificar se o método está surtindo o efeito esperado.
Continue lendo

Como criar webinar com um título que chame a atenção?

E aí você decidiu que está na hora de fazer um webinar e compartilhar seu conhecimento na web. Depois de tanto pesquisar, escolhe o tema, desenvolve o roteiro da apresentação e escolhe o lugar em que o vídeo será gravado. Até a roupa já foi pensada, assim como a data e o horário da palestra já foram definidos. Só tem um problema: você não tem ideia de como ela vai se chamar.
E agora?
Há quem goste de fazer primeiro o título e, a partir dele, desenvolver o texto/roteiro. Outros, preferem deixá-lo para o final; para pensar com calma. Mas é importante dar uma boa atenção para essa tarefa. Afinal, o nome do seu vídeo é o que irá chamar a atenção do seu público e, dependendo do escolhido… Seu trabalho pode ir por água abaixo e não é isso o que você quer.
Por sorte existem estratégias que podem lhe dar uma mãozinha e a AIDA é uma delas. A técnica já foi tema de postagem do Viver de Blog e é muito usada no marketing e na publicidade, podendo ser adaptada para títulos de textos e, claro, webinars. Ela conta com quatro elementos essenciais para captar a audiência: atenção, interesse, desejo e ação.
E aí você deve estar se perguntando: tudo bem, mas como usá-la para criar títulos? É bem simples! Primeiro pense no participante de seu vídeo e se coloque no lugar dele. Qual palavra ou termo chamaria sua atenção ao ponto de parar o que está fazendo e se inscrever? Pensou? Ela é a isca que levará o usuário a conferir seu conteúdo.
Agora, e se você também ganhasse um benefício ao assistir? Algo que possa aprender e colocar em prática dentro de sua profissão ou vida pessoal? Essa vantagem é o que aumentará o interesse sobre a sua palestra – e ela também deve estar no título.
Mas esse não é só mais um webinar sobre “x” assunto. Ele é urgente e se você não o assistir naquela data, pode perder muito com isso. Por quê? Porque você tem certeza de que aquela informação será muito importante para sua vida naquele exato momento. Porque o título do vídeo causou essa sensação e conseguiu captar seu desejo.
Você ficou muito interessado pela apresentação online. O título da palestra chamou sua atenção, lhe ofereceu um benefício, captou seu desejo e transmitiu urgência. Além disso, nas postagens das redes sociais ele veio acompanhado de “clique aqui para se inscrever”. O recurso ação foi usado e, como o esperado, lhe fez agir. Você clicou e se inscreveu. Bingo!
Viu como é fácil usar a AIDA? Não tem mistério algum. Ela traz resultados e pode ser combinada a outras técnicas. Para títulos ainda melhores, você pode utilizar outros recursos como listas e números, perguntas e respostas, provocações e palavrinhas mágicas: grátis, fácil, simples, completo, novo.
Agora que você já sabe como captar a audiência do seu público e já se inspirou para criar o título de seu vídeo, está na hora de colocar em prática. Crie seu canal na Eventials! Contamos com muitas facilidades para quem deseja se destacar no mundo dos webinars.
 
 
Qual é a importância do vídeo na estratégia do negócio?

Descubra o que você não deve fazer ao realizar seu webinar

Se você quer investir em webinars, provavelmente deve ter pesquisado e lido materiais sobre a escolha do tema, como deve criar um roteiro, quais são os equipamentos necessários, decoração do ambiente, roupas que deve usar e outros assuntos, certo?

Mas você já sabe o que não fazer em um webinar? 
Mesmo tendo noção do que é importante para transmitir um evento, também é importante ficar atento a inconvenientes que podem atrapalhar sua desenvoltura. Portanto, organize sua agenda e deixe um tempinho para treinar a apresentação, revisar os textos dos slides e testar os equipamentos. 

É melhor prevenir do que remediar” – e, se esse ditado é transmitido de geração para geração, ele tem algum fundamento. Descubra o que não fazer em uma palestra online:

Ler slides

Na Eventials você transmite seu webinar e disponibiliza slides para que o público consiga acompanhar os tópicos da apresentação enquanto você fala. Mas algumas pessoas, às vezes por nervosismo ou por não ter ensaiado o suficiente, acabam se agarrando às telas e lendo o que está nelas. É preciso lembrar que o que você escreveu serve apenas de apoio para lembrar o assunto posterior.

Quando você só lê o que está no slide e não traz nenhuma informação nova, nenhum conhecimento seu, exemplos práticos, pode causar má impressão e levar os participantes a duvidar de seu profissionalismo. 

Muito texto nos slide

É importante se colocar no lugar do participante e pensar na experiência dele durante o webinar. Imagine acompanhar o conteúdo e as dicas que o palestrante está falando e, ainda por cima, uma tela cheia de texto? Confuso.

Simplifique! Deixe apenas o que for necessário nos slides; opte por uma comunicação direta e objetiva. Escrever como se estivesse postando no Twitter é uma técnica e, se for pouco espaço para muita informação, disponibilize um material de apoio para seu público fazer o download. 

Fontes pequenas e cores que não combinam

Novamente falando sobre slides, fique atento ao layout das telas. Escolha cores que combinem e não sejam desconfortáveis para os olhos de quem está do outro lado da tela. A composição do slide é importante e um ponto extra.

Opte por uma fonte visualmente agradável e fácil de ler; a numeração também precisa ser levada em conta. Uniformidade é importante. É melhor investir em uma apresentação simples, com fundo branco e fonte preta, do que usar muitas cores e causar incômodo. Na dúvida, preto e branco é a melhor pedida. 

Falar sempre no mesmo tom

Use a emoção para deixar os participantes atentos. Fale pausadamente e com clareza. Saiba usar a sua voz para mostrar que o assunto daquele momento é importante e requer atenção. Um palestrante que usa sempre o mesmo tom de voz é chato e deixa o público com sono.

Infantilizar o público

Durante o webinar, lembre-se de que você está falando com adultos (na maioria dos casos). Portanto, não infantilize seu público. Estimule as perguntas de forma inteligente, não com “alguém tem alguma dúvida?”. Cuide para não falar o que é óbvio e para não fazer brincadeiras ou usar gírias que não tenham a ver com sua audiência. Bom senso sempre!

Ter medo de ser criativo

Criatividade é fundamental na hora de fazer uma apresentação. Se você acha que deve disponibilizar um material extra, com dicas de filmes e livros para os participantes, faça!
Se deseja interagir com eles de outra forma, faça! Tente, experimente! É a forma como você se relaciona com o público e as experiências diferentes que você proporciona que os levam a lembrar da apresentação e indicar para outras pessoas. 😉

Coloque nossas dicas em prática e desenvolva seus webinars. Estamos torcendo para que seu canal tenha cada vez mais visualizações e que você consiga captar mais clientes. 

Lembre-se de verificar se a internet está funcionando corretamente, se a iluminação está adequada para a transmissão e, em caso de dúvidas sobre equipamentos, em nosso blog você descobre quais são as câmeras e os microfones mais indicados para uma palestra online. 

Boa sorte! 
Sucesso!